sexta-feira, 16 de junho de 2006

Um instante junto ao mar

Quem me conhece bem, sabe da minha paixão pelo mar... sou capaz de passar horas a contemplá-lo e a ouvir os seus sons encantados... o mar traz-me uma sensação de paz absolutamente incomparável... como não sou poeta, decidi seleccionar pedaços de poesia para vos transmitir aquilo que sinto pelo mar... neste instante... e sempre...



"Mar,
Metade da minha alma é feita de maresia."



"Mar sonoro, mar sem fundo mar sem fim.
A tua beleza aumenta quando estamos sós.
E tão fundo intimamente a tua voz
Segue o mais secreto bailar do meu sonho
Que momentos há em que eu suponho
Seres um milagre criado só para mim."

"As ondas quebravam uma à uma
Eu estava só com a areia e com a espuma
Do mar que cantava só p’ra mim"


Textos de Sophia de Mello Breyner Andresen

6 Comments:

Blogger little_blue_sheep said...

optima escolha!
;)

6/16/2006  
Blogger Isa Calixto said...

Obrigada pelas palavras no meu cantinho.

O teu "Instante junto ao mar" é lindo...revela o teu bom gosto!

Jinho de bom fim de semana

6/17/2006  
Blogger digoeu said...

também gosto do mar, na cor e tamanho!!
obrigada pela visita!
;)

6/18/2006  
Blogger Esteleve said...

Eu vivo junto ao mar... ontem à noite, enquanto arrumava o quarto, tinha a janela aberta e ouvia o som do bater das ondas :) Fantastico não é?

Boa semana :)

6/19/2006  
Blogger Utzi said...

little blue sheep obrigada pela visita, espero que voltes. Visitei os teus dois blogs e achei-os muito interessantes... da próxima vez prometo deixar um comentário :)

isa calixto, podes contar com os meus comentários no teu "refúgio", adorei a tua poesia :)

digoeu, também agradeço a tua visita :) espero que se torne um bom hábito ;)

6/19/2006  
Blogger Utzi said...

esteleve... tás a fazer-me inveja... que sortuda que tu és... :) bom dia!!!

6/19/2006  

Enviar um comentário

<< Home