terça-feira, 11 de julho de 2006

Dança secreta


Descalcei-me devagar, soltando os meus pés das amarras que os prendiam ao chão. Fechei os olhos e deixei-me levitar, delicadamente, como uma bailarina graciosa. Pelo caminho toquei com as pontas dos meus dedos as gaivotas... sorriram-me. Quando pousei, estava serena, em paz comigo própria e não pensava em mais nada senão naquela nuvem macia. Com os meus pés nus comecei a caminhar naquele pedaço de algodão doce, contemplando o céu que me enchia os olhos de lágrimas. Lágrimas de agradecimento, de alegria, de satisfação. Naquele instante o céu era só meu, e eu, era só sua. Então dancei, com os meus olhos brilhantes e os meus pés desnudados, como se não existisse ontem nem amanhã, como uma menina que não sabe nada da vida senão que ela é bela... bela, fofa e doce... como aquela nuvem, como aquele instante...


Imagem retirada do site: www.fantasm.still-inspired.com/ballet/

2 Comments:

Blogger Ana said...

É tão bom voar... :-)

7/11/2006  
Blogger Utzi said...

Se é Ana... beijinhos :)

7/12/2006  

Enviar um comentário

<< Home