quinta-feira, 20 de julho de 2006

Será?


... Será que sou louca?
Será que não sou como toda a gente?
Será que não oiço os mesmos pássaros, que não vejo as mesmas cores, que não sinto o mesmo frio e o mesmo calor que eles?
Será que as minhas lágrimas não têm o mesmo sabor?
Será que mereço viver isolada neste mundo cinzento e mudo apenas porque as pinceladas que dou na tela da vida não são compreendidas por eles?
Por quanto tempo mais terei que carregar o peso desta máscara e mover-me como marioneta num teatro encenado por eles?

Será que o amor que sinto dentro de mim é diferente do que eles sentem?

Será?...



... Matilde acordou suada. Nada tinha mudado. O colete de forças continuava a prendê-la à cama.

E a vida passava... a cada dia... a cada hora... a cada minuto... a cada segundo...



Quadro: "Solitude" de Brita Seifert

9 Comments:

Blogger the postman said...

Ao que parece, todos somos loucos, diferentes e sentimos as coisas À nossa maneira. Talvez isso faça com que o sabor das nossas lágrimas seja variável, consoante o modo como as choramos.
Ninguém merece viver isolado, mas há os que vivem, por opção própria ou não.
Pode ser que um dia consigamos acertar nas pinceladas e nas cores para formar uma nuvem à nossa maneira, não é?

7/20/2006  
Blogger Utzi said...

Pode ser que sim, The postman... :) *

7/20/2006  
Blogger Esteleve said...

A normalidade é um conceito, que permite compreender e apreender toda uma realidade muito complexa...Tão complexa, que se refugia na premissa de que "de sábio e de louco..."

Assim, resta-nos ver os nossos proprios limites e objectivos...e libertar as amarras para os seguir :)

7/20/2006  
Blogger Utzi said...

Perfeitamente de acordo contigo Esteleve. Gostei de te ler :) aparece mais vezes. Beijinhos

7/20/2006  
Blogger an ordinary girl said...

Partilhaste um segredo comigo, eu partilho um dos meus contigo: gostava de ser psicóloga, como tu.
:-)

E, talvez então eu soubesse responder às questões da Matilde que são também, tantas vezes, as minhas.

um beijo terno, utzi

7/20/2006  
Blogger Utzi said...

Just, sabes, ser psicóloga não é nada fácil... e também não é tão maravilhoso como se pensa. Temos que lidar com muitas situações complicadas e sensíveis que por vezes mexem com os nossos valores pessoais (ainda que o facto disto acontecer esta seja a nossa maior preocupação, mas somos humanos antes de psicólogos). Por vezes ficamos frustrados com o que fizemos ou dissemos numa consulta, porque sabemos que vai infuenciar enormemente o nosso cliente... mas admito que gosto da minha profissão e não gostaria de ter outra qualquer. Quanto às respostas dá-nos muitas sim, mas faz-nos ter ainda mais perguntas...

Muitos beijos para ti :)

7/21/2006  
Blogger anrasaxa said...

lindissimo...

7/22/2006  
Blogger little_blue_sheep said...

...interessante...
;)

7/22/2006  
Blogger Utzi said...

Anrasaxa, obrigada e um beijo para ti.

Little blue sheep, isso quer dizer que ainda estás a pensar no assunto? :)

7/24/2006  

Enviar um comentário

<< Home