terça-feira, 29 de agosto de 2006

Fim


Quando a primeira pétala pousou docemente o chão,
Soube que o fim estava próximo.

E nem nesses derradeiros instantes esqueceu a sua beleza intocável.

Despiu-se da vida numa dança sensual,

Pétala por pétala,

Balançando ao sabor do vento,

Entregando-se nua

Ao seu último momento.

9 Comments:

Blogger mimi said...

ai k bonito!!!
foste tu ke escreveste?

8/29/2006  
Blogger Utzi said...

Fui pois. Quando cito coloco sempre o autor. Ainda bem que gostaste :)
Beijo para ti, querido.

8/29/2006  
Blogger alikimista said...

Delicioso..

8/29/2006  
Blogger Ruby Sackville-Baggins said...

:D é lindo!!!

Beijinho

8/29/2006  
Blogger the postman said...

Palavras lindíssimas. As pétalas têm uma virtude enorme, qualquer seja a danca de cada uma. Este foi um momento bonito.

8/29/2006  
Blogger little_blue_sheep said...

:)

8/29/2006  
Anonymous Anónimo said...

The end it´s just the beginning:)
Beijos gordos das babes... as babes apoiam a nova era informática:)
Ba
Fi
An
lol lol lol

8/29/2006  
Anonymous romeng said...

Lindíssimo poema cheio de doçura! A inspiração regressa e deixa logo as suas marcas.. e q marcas! :p

Uma ideia.. publica este poema no teu local de trabalho (incluindo a bela foto da flor). acredita que muitas pessoas vão ficar derretidas com a beleza das palavras e leque de sensações finais ;)

Beijinhos *

8/30/2006  
Blogger Utzi said...

Obrigada Alikimista, gostei de te ver por cá. Beijo

Ruby, ainda bem que apreciaste :) Beijinhos

Como sempre sensivel, The postman... obrigada e um beijo.

Little blue sheep, consegui fazer-te sorrir :) Beijo

Obrigada às Babes. É verdade que a vida é um constante recomeço... é bom recomeçar com amigas como vocês... e obviamente a ajuda dos avanços informáticos ;) Beijos e obrigada pelas vossas palavras.

Romeng, adorei a tua visita. Acho que também tens talento com as palavras e anseio por uma exploração mais aprofundada das mesmas. Não deixes escapar a inspiração :) Beijos

8/30/2006  

Enviar um comentário

<< Home