sexta-feira, 8 de setembro de 2006

Noite calma

A lua cheia abraçava-a naquela noite calma.
Não sabia se o amanhã iria sorrir-lhe ou chorar ao vê-la.
Não queria pensar nisso agora.
As estrelas eram suficientes para lhe encher o coração.

A noite era sua...

... o dia... esse, tardava a chegar.



8 Comments:

Blogger Et said...

Podes crer, "o dia... esse, tada em chegar" nunca mais é Sábado! hehehe

Beijos e bom fim de semana.

P.S. Não quero de todo menosprezar as tuas fortes e sentidas palavras, aliás, isso seria tolice da minha parte... apenas me apeteceu "brincar" com elas :)
Espero que não leves a mal (deve ser síndrome de 6ª-feira à tarde!)

9/08/2006  
Blogger O Autor® said...

Com esta noite calma em que a lua nos abraça e somos acompanhados pelas estrelas, ainda bem que o dia tarda a chegar.Epecialmente se não estivermos sozinhos.

Bj

9/08/2006  
Blogger Klatuu o embuçado said...

Muito bonito.
Gosto da concisão.

9/08/2006  
Blogger José Manuel Dias said...

Somos nós e as circunstâncias como uma dado dia dise Ortega Y Gasset.
Bjs

9/08/2006  
Blogger little_blue_sheep said...

:)

9/09/2006  
Anonymous Bill said...

E quando o dia chegar, não fará diferencça depois de uma boa noite...

Adorei suas palavras...

Otima semana

:*

9/11/2006  
Anonymous Paulo Santos said...

adorei!
Talvez porque seja um noctivago (forçado ou não...).
Talvez a noite e o brilho celeste desperte um turbilhão de luz...

mil beijos

Paulo

9/11/2006  
Blogger Utzi said...

Et, fica descansada, não te levo a mal ;) Espero que o fim de semana tenha sido suficientemente repousante para eliminar vestígios desse síndrome perigoso :) Beijinhos

O autor, estas noites longas trazem-nos sempre manhãs com novas tonalidades :) Beijos

Obrigada pela visita Klatuu o embuçado, aparece mais vezes :) *

José manuel dias, agradeço a tua vista que espero ser apenas a primeira de muitas :) *

Little blue sheep, um alegre sorriso de segunda feira para ti :) Beijos

Bill, espero que tenhas razão :) Obrigada pelas palavras, volta. *

Paulo, ainda bem que este post te agradou. Ainda estive para escrever um mais revolucionário, inspirada no teu estilo, mas depois achei que seria perda de tempo... para quê cópias se existe um original? :) Beijinhos

9/11/2006  

Enviar um comentário

<< Home