terça-feira, 24 de outubro de 2006

Tanto



Queria dizer-te tanto,

De tanto que sinto por ti,
Que acabo por não dizer nada.
Fico à espera que de tanto me amares
Acabes por ler esse tanto em mim...





11 Comments:

Blogger Et said...

Lindo!
Lindo!
Lindo!

Nada a acrescentar, é mesmo isso! :)

beijinhos

10/24/2006  
Blogger Ponta Solta said...

Plagiando-me a mim mesma e noutro contexto, acho que aqui tb se poderia dizer "Para quê gastar as palavras, a saliva, quando podemos deixar desprender o halo da transparência das coisas que não têm necessidade de ser ditas... "

É mesmo tudo isso!

bjs

10/24/2006  
Blogger teorias said...

Dizes tudo... com tão pouco!

bjs

10/24/2006  
Blogger tonsdeazul said...

É isso mesmo que eu tenho sentido nestas últimas semanas!! E assim acaba por ficar tanto no silêncio do lado do sentir.
Um abraço

10/24/2006  
Blogger anamoris said...

Faz-me bem ler poemas tão bonitos logo de manhã.
Sinto o Amor no ar!!!
Linda, beijos para ti

10/25/2006  
Anonymous «I got ID» said...

You might won't be able to say it, but the will to express yourself can be surely be read.

Sometimes it's better not so speak and let the silence float and dance with the feelings within your heart and soul ...

10/25/2006  
Blogger Francis said...

sem palavras.

10/25/2006  
Blogger Utzi said...

Obrigada a todos...

Beijos chovidos desta nuvem :)

10/25/2006  
Anonymous Anónimo said...

Lindissima, esta mensagem :)

Um beijo, esteleve

10/25/2006  
Blogger Utzi said...

Obrigada, querida Esteleve :)
Mil beijos para ti

10/25/2006  
Blogger Luiz Carlos Reis said...

Momentos que nos coloca em transe!
Sublime!!!!

10/27/2006  

Enviar um comentário

<< Home