quarta-feira, 8 de novembro de 2006

A que sabe o Amor?...

... hum.... amoramoramoramoramoramoramoramor...

... o amor sabe a amora... :)

Eu sei que isto é um post tolo, mas hoje apeteceu-me!

Beijinhos a todos os que por aqui passam com prazer... aos que passam só pa dizer mal... vão mas é comer amoras que é o que vos anda a fazer falta!

14 Comments:

Blogger Et said...

Hehehehehe
Muito tola!! :)

A mim o amor sabe-me a cereja, pode ser? :)

beijinhos

11/08/2006  
Blogger teorias said...

hehehehe...

Essa é fácil... toda a gente sabe a que sabe o amor... o amor sabe a... romã!!!

Beijinhos

11/08/2006  
Blogger Barão da Tróia II said...

A mim o amor sabe a amor e é bom.

11/08/2006  
Blogger O Autor® said...

Eu não gosto lá muito de amoras!!

Se tou a precisar de comer amoras, posso trocar por outra coisa???

É só isto!

11/09/2006  
Anonymous Ariane said...

E assim me estreio no teu blog ;)
com um excerto que me pareceu
apropriado ao momento.

Saudade

"Quantas vezes, Amor, já te esqueci,
Para mais doidamente me lembrar,
Mais doidamente me lembrar de ti!

E quem dera que fosse sempre assim:
Quanto menos quisesse recordar
Mais a saudade andasse presa a mim!"

Florbela Espanca

11/09/2006  
Blogger Utzi said...

Et, :) pode, pois! Cada amor com o seu sabor... Beijinhos

Teorias, também gosto muito de romã... mas a amora não sei porque "soa-me" melhor... Beijinhos

Barão da tróia ii, lá isso é uma grande verdade, o amor sabe a amor, com todas as suas nuances frutadas... Beijinhos

O autor, isso quer dizer que vens aqui só pa dizer mal???... :s
Sabes o que eu te digo, sabes, sabes??? Não tens jeito pa fazer de mau da fita :) Beijinhos

Ariane, lindo poema o que escolheste, da grande Florbela Espanca, que eu muito aprecio. Obrigada pela visita :) e já agora, conhecemo-nos?
Beijinhos

11/09/2006  
Blogger fairybondage said...

Eu acho que o sabor
Do amor
Depende do dia...
Depende do que for
A alegria, a tristeza
Ou a dor...
Quem nos beija, quem nos ama
quem nos quer...
Pode ser amora, chocolate
Romã...
O que vier!
É só preciso provar
E saber
Aproveitar...
Até ao fim...
Sem parar!!!

Bjs

11/09/2006  
Blogger Francis said...

como não gosto de amoras, tenho que dizer bem...

viva o amor.

11/09/2006  
Blogger Utzi said...

Francis... foste mau...

11/09/2006  
Blogger Utzi said...

Fairybondage, muito bonito o que escreveste, muito alegre :) Beijinhos

11/09/2006  
Blogger R. said...

"O amor é uma companhia.
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo.

Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo.
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.
Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.

Todo eu sou qualquer força que me abandona.
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio."

(Alberto Caeiro)


A mim, o Amor sempre me soube a este poema.

11/09/2006  
Blogger Utzi said...

R. também é um dos meus poemas preferidos... adoro Fernando Pessoa :)
Se há formas belas de descrever o Amor, esta é uma delas.
Mil beijos para ti

11/10/2006  
Blogger Juro said...

:)

11/12/2006  
Blogger Utzi said...

Um beijinho para ti, Juro :)

11/13/2006  

Enviar um comentário

<< Home