terça-feira, 12 de dezembro de 2006

Palavras

As palavras estão vivas.

Sinto-as palpitar,
Ávidas de ti....
De te chamar...

As palavras estão vivas.
Mas eu, morri.

8 Comments:

Blogger teorias said...

Se as palavras estão vivas... se as sentes palpitar... é porque alguma vida reside em ti...

Espero que depois da morte renasças... e sejas feliz!

Beijos

12/12/2006  
Blogger Giraluas said...

As palavras são um sopro de vida e de vidas que deixamos guardadas. Largadas por aqui. Por aí... Esse sopro pode ser até o último. Mas será sempre o primeiro de uma nova vida. A de quem soprou. Ou a de quem ao sopro sorriu...

12/12/2006  
Anonymous ariane said...

Palavras…
Símbolos…
Conceitos…
Com elas transmitimos...ideias…pensamentos…
E os meus hoje estão contigo, para que possas renascer
ao continuares a escrevê-las…

Bjo de saudade,
ora aqui está uma com um só significado.
Será que tem só uma vida??

12/12/2006  
Blogger Utzi said...

Teorias, eu estou viva e bem viva... o sujeito poético é q não ;) Beijinhos

Giraluas, bonitas palavras... obrigada e um beijo :)

Ariane, quem é vivo sempre aparece! Um grande beijo cheio de saudade... adoro-te, nesta vida e nas outras, se as houver :)

12/13/2006  
Blogger Turmentus (M.T) said...

palavras são só palavras, resta-nos o que nos dizem...

12/13/2006  
Blogger Et said...

E não, e não... não morreu nada!
És tu que nos queres enganar que eu sei :)
As palavras não o deixam morrer, no mínimo adormecem-nos!

beijinhos

12/13/2006  
Blogger Utzi said...

Turmentus, obrigada pela visita :)... concordo contigo, as palavras não passam de meras formas, se desprovidas do seu significado. Um beijo, volta.

Et... :) és mesmo querida heheh :P mas eu acho que por vezes "morremos", nem que seja por segundos... para renascermos de seguida, palpitando novas palavras. Beijinhos, linda.

12/13/2006  
Blogger Francis said...

RIP.

12/13/2006  

Enviar um comentário

<< Home