terça-feira, 27 de março de 2007

Tu, a lua e eu

Tu, a lua e eu.
Somos velhos amantes

De noites errantes,

Confidentes da seda

De lençóis brilhantes,

Verdadeiros poetas

De palavras vibrantes...


Tu, a lua e eu.

Partilhamos o passado

De um amor inacabado,
Uma chama de um fogo

Hoje apagado...

Imagem retirada de www.javafree.org

9 Comments:

Blogger Lobo said...

A luz de uma bela noite de luar é a melhor pedida para o amor, belo, gostei.
Adorei a letra que deixastes lá no uivos..., vou publicá-la na sequência, e ver se consigo achar em mp3 para baixar, se a letra já é tão bonita, com a música então deve ser demais.

Beijos.

3/27/2007  
Blogger Márcia said...

Lindo... Lindo...

Parabéns...

Beijinhos

3/27/2007  
Blogger fairybondage said...

A lua é amante
de muito romance, pedante
que começa e acaba
num instante...
ou dura eternamente
vibrante...
é sempre uma terceira
figura
nas história
de amor que dura
e dura...
a tal doença
da qual ainda
se desconhece a cura!!!

mil beijinhos

3/28/2007  
Blogger Enfim... said...

que romantico lol.bjokas

3/28/2007  
Blogger sonhador said...

és poeta?

(vim pela enfim...)

3/28/2007  
Blogger João Filipe Ferreira said...

e irás partilhar com a lindissima lua , maismomentos e confissões da tua vida!1
está simplesmente lindo.. e tu que devias editar um livro:)
gosto mesmo de te ler:)
menina linda****

3/28/2007  
Blogger Utzi said...

Lobo, a música é linda mesmo... mas eu sou suspeita porque gosto imenso de Luís Represas. Ainda bem que agradou :) Beijo

Márcia, obrigada e um beijinho :)

Fairybondage, sempre lírica e doce... um beijinho :)

Enfim, eu sou uma eterna romântica, isto já não tem cura hehehe :) Beijos

Sonhador... não sei... sou?... Beijos e obrigada pela visita, espero que apenas a primeira de muitas mais.

João filipe ferreira, sempre generoso :) Obrigada pelo incentivo e um beijinho.

3/28/2007  
Anonymous Constança said...

Tu, a nuvem e nós. :)

3/29/2007  
Blogger Utzi said...

:D E o que seria de mim sem isso...

Beijinhos querida Constança.

3/30/2007  

Enviar um comentário

<< Home