segunda-feira, 21 de maio de 2007

Distância

Estou longe de ti.
A distância que nos separa é uma sombra.

Estás longe de mim.

Mas lembra-te, onde há sombra, há luz.

Talvez não estejamos tão longe assim.

Talvez eu nunca tenha estado distante.

Talvez tu tenhas estado sempre aqui.

26 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Eu também estou sempre aqui. Ás vezes venho à pressa e não consigo comentar, mas não consigo ficar longe da tua poesia. Eu-estou-aqui. :)

5/21/2007  
Blogger ruth ministro said...

Constança, é muito bom saber :) Obrigada de coração.
MIL BEIJOS

5/21/2007  
Blogger PavlovDoorman said...

Estamos todos Constança.
Esta menina é uma heroína que nos vicia.
Uma donzela da pena.

Beijo Menina Utzi

5/21/2007  
Blogger ruth ministro said...

Pavlovdoorman, eu de heroína nada tenho... deixo esse papel para aqueles que como tu me lêem e me encorajam a escrever. Vocês é que são os meus heróis. Beijinhos :)

5/21/2007  
Blogger PavlovDoorman said...

Herói eu?
Não seja tão modesta Menina Utzi, afinal só retirei os bifes aos canídeos, e ganhei um Nobel por isso (onde já se viu um Nobel por tirar comida a animais)...

Beijo Menina Utzi

5/21/2007  
Blogger A said...

Quem Ama tem o coração sempre junto do objecto do seu Amor. Quem é Amado nunca está sozinho!
Lindo Utzi, Obrigada pela força.
Beijinhos

5/21/2007  
Anonymous Anónimo said...

:) às vezes precisamos de silêncios e de distâncias...!

...entretanto, a blogspot trocou-me as voltas... e decidi mudar de casa... afinal, dizem por aí que "quem muda, deus ajuda"! ;)

:) sorrisos! muitos!:)

5/21/2007  
Blogger Putty Cat said...

Utzi

Como sempre, embrenho-me nas tuas palavras.

Lindo.

5/21/2007  
Blogger Pedro Branco said...

Pode ser que os meus olhos te neguem de cada vez que ao passar pelas flores se deixem pousar nos aromas...
Pode ser que o meu corpo se entregue a este silêncio mordaz de te saber ventania...
Pode ser que a minha voz seja canto de cada vez que em nós se entregue...
Pode ser que cada palavra soletrada consiga conter tanto tempo...
Pode ser que eu esteja mesmo aqui...
Pode ser...

5/21/2007  
Blogger Rogeriomad said...

Este blogue devia chamar-se "Cebola"... já que provoca o mesmo efeito da Cebola...

ora...
gyrmnvil

e vamos andar de rodinhas...

5/21/2007  
Blogger ruth ministro said...

Pavlovdoorman, e acha pouco?... Beijo

A., nada a agradecer. Só quero que a uses! Beijinhos ;)

Xana, dizem?... Nunca tinha ouvido isso hehehe :) Beijinhos

Putty cat, espero que sirvam para te acalmar um pouco... :) Mil beijinhos

Pedro branco, pode ser... Beijos e obrigada pelas sempre lindas palavras :)

Rogermad, podia. Sóoooo que não se chama. Mas podia. Mas não se chama. Beijo ;)

5/22/2007  
Blogger Lenin aka JR said...

Talvez...
Provavelmente estivemos sempre ali,
presentes, discretos, quase invisíveis perante o olhar abstraído de quem nos rodeia.
Provavelmente também nós não reparamos naqueles que passam, naqueles que estão.
Olhar e não ver.
Por vezes a distância não é física, mas psicológica.
Só temos que dar mais atenção às pessoas que estão à nossa volta.
Olhar... com olhos de ver.

Muito interessante, profundo... Dá que pensar, as usual ;)

PS: Se não fosse pedir muito gostava de saber a tua opinião sobre isto: subjectivo.blogspot.com/

5/22/2007  
Blogger ruth ministro said...

Lenin aka jr, claro que não é pedir muito. Já lá passei e tive muito gosto ;) Vou passar mais vezes. Beijinhos

5/22/2007  
Blogger Rogeriomad said...

Utzi Rebelo de Sousa...

ah ah ah

5/22/2007  
Blogger Rogeriomad said...

Ainda estou para saber se escreves de acordo com o que sentes...

ou se inventas situações, cenários, momentos, pessoas e sentimentos...

5/22/2007  
Blogger Rogeriomad said...

poxa...

tira o "word verification"...

no último comentário falhei 3 vezes a palavra! Sou mesmo incapacitado...

ora mmfaqhk
e toca andar de rodinhas...

5/22/2007  
Blogger Rogeriomad said...

"A Insustentável Leleza do Ser"(Milan Kundera)

Este livro é sobre o quê?
É porreiro?

5/22/2007  
Blogger Barão da Tróia II said...

Rouba um momemto guarda-o na estante do sonho e ele ficará para sempre contigo, boa semana

5/23/2007  
Blogger ruth ministro said...

Rogermad, se tu não gostas do word verification porque é que escreves 4 comentários em vez de um só?... Tendências masoquistas?... hehehe
Quanto ao que escrevo, é sempre muito relativo. São momentos, sentimentos, não têm que ser precisos, nem têm que corresponder a uma realidade concreta... são pensamentos que surgem, que passo para o papel e depois partilho aqui.
"A Insustentável Leveza do Ser" é Prémio Nobel... devias conhecer... se a tua mana sabe, bate-te! hehehe... é um livro fantástico, um romance que se desenlaça em reflexões filosóficas. Vale a pena. Beijinhos :)

Barão da tróia ii... :) Mil beijos e boa semana.

5/23/2007  
Blogger ricardo said...

...

5/23/2007  
Blogger ruth ministro said...

Little blue sheep... :)
Beijo, querido amigo.

5/23/2007  
Blogger susemad said...

Sim eu estarei sempre aqui. :)

5/23/2007  
Blogger Rogeriomad said...

utzi...

Porque comento com intervalos...
Para perceber o que escreves tenho de ler duas/três vezes e isso requer tempo...

A literatura passa-me ao lado, ainda para mais romances...
só leio livros técnicos...


ora...
nvbfcy

5/23/2007  
Blogger José António said...

A distância e o silênco revitalizam o corpo e a alma.

5/24/2007  
Blogger ruth ministro said...

Tons de azul, mas é que ai de ti que não estivesses! hehehe :) Beijinhos

Rogermad, duas/três vezes?... Sou assim tão complicada?... hehehe ;)
Beijinhos

5/24/2007  
Blogger ruth ministro said...

José antónio, este teu primeiro comentário estava em sintonia com o meu... publicámos praticamente ao mesmo tempo. Obrigada pela visita, espero que a primeira de muitas mais.
Beijo

5/24/2007  

Publicar um comentário

<< Home