quarta-feira, 27 de junho de 2007


Não me procures.
Encontra-me.


Foto retirada de http://olhares.aeiou.pt

23 Comments:

Blogger cm said...

...17.30 rua da amizade numero 1 algures no sorriso do teu olhar...

6/27/2007  
Blogger Francis said...

é justo.

6/27/2007  
Blogger cm said...

Este comentário foi removido pelo autor.

6/27/2007  
Blogger cm said...

permite-me uma resposta mais séria ao teu post com o poema
"Estranho é o sono que não te devolve" do Daniel Faria


Estranho é o sono que não te devolve.
Como é estrangeiro o sossego
de quem não espera recado.
Essa sombra como é a alma
de quem já só por dentro se ilumina
e surpreende
e por fora é
apenas peso de ser tarde.Como é
amargo não poder guardar-te
em chão mais próximo do coração.

6/27/2007  
Anonymous Constança said...

Utziiii, estava sem computador porque ele decidiu deixar de trabalhar... Mas agora, finalmente, já pude voltar à 'Nuvem'.
Depois de ler tudinho o que fui deixando passar, volto a perguntar:
-Para quando o livro? Hum? :P

beijinhos *

6/27/2007  
Blogger Utzi said...

Cm, eu tinha gostado da primeira resposta, mas a segunda roubou-me toda a atenção. Lindíssimo poema, não conhecia. Obrigada. Beijo

Francis, eu tento sempre ser justa, embora possa falhar de vez em quando. Mas dizem que é uma das minhas maiores virtudes... Assim o espero. Beijo

Constança, minha querida, já tinha saudades tuas! Pensei que te tinhas fartado desta nuvenzita... :) Ainda bem que estás de volta!
Quanto ao livro... Pode ser que um dia destes apareça a oportunidade. Obrigada pela força e carinho :) Mil beijinhos

6/27/2007  
Blogger MH said...

:) Ainda estou a sorrir para o teu sentimento ou expressão!
É lindo esse sentimento de liberdade e tranquilidade, combinam perfeitamente com a surpresa de um encontro inesperado...
Sabes?
Para além do teu bom gosto :P (carpete), também partilho esse sentimento, apesar de já ter passado por ele e de ter levado com um barrete daqueles... 6 + 1 de dor e sofrimento... Difícil lembrar...

6/27/2007  
Blogger MH said...

Gostaste tanto da foto que foi eleita ;)

6/27/2007  
Anonymous Constança said...

Farta da tua nuvem? Impossível! É tão fofa! ^^

beijinho, Utzi*

6/27/2007  
Blogger NeLiNhA said...

simples e directo...gostei :)

6/27/2007  
Blogger carteiro said...

Quantas são as buscas infrutíferas nas nossas vidas? A procura é muito importante mas nem sempre vale a pena procurar. Assim como, ás vezes, somos lindamente surpreendidos.
Querida amiga, acredito com força que serás encontrada.

6/28/2007  
Anonymous madrugada said...

Duas frases:- E, boom!

;)

6/28/2007  
Blogger kiss me said...

Um dia um poeta também me disse "estou perdido, encontras-me?"

6/28/2007  
Blogger Utzi said...

Mh, sabes, estou um nadinha cansada de lutas impossíveis... É um pouco isso que este post traduz, a vontade de ser encontrada... E que tratem de mim um bocadinho, que eu ando cansada... hehehe :)
Quanto às fotos, gostei de todas :) Para além do bom gosto, como dizes, partilhamos a admiração por fotografia, ainda que eu me limite a admirar as fotos que outros tiram e tu tomes parte activa no processo. E ainda bem! ;) Beijo

Constança... coisa mai linda :D Beijinhos

Nelinha, obrigada, beijinhos :)

Carteiro, eu também acredito que sim :) Mil beijinhos para ti

Madrugada, por vezes bastam algumas palavras para dizer coisas bem complicadas... Outras vezes nem uma palavra é precisa... :)
Beijos

Kiss me... E tu? Encontraste-o ou deixaste-o perdido de vez?... Sua destruidora de corações hehehe :) Beijinhos

6/28/2007  
Blogger An Jo said...

Preocupo-me
Encontrei-te
Preocupo-me
Ainda te sou um estranho

6/28/2007  
Blogger Utzi said...

Anjo, será que encontraste mesmo? Ou apenas descobriste? Não esqueças que da descoberta ao encontro o caminho ainda pode ser longo... Beijo :)

6/28/2007  
Blogger Angélika said...

Adoro os teus textos!
Este é tão pequenino... mas diz tanto... é do que eu mais gosto de ler, palavras parcas mas cheias de significado ;)

Se não te importares, sei que este não é o local ideal mas para quem quiser participar, estou a tentar divulgar ao maior numero de pessoas possivel. Podem ajudar-me na divulgação, caso conheçam fóruns, blogs, etc.

Neste link http://ideiasprivadas.blogspot.com/2007/06/ajuda-precisa-se.html está descrita uma situação terrível de um abrigo de cães em vila franca de xira, onde um grupo de veterinarios se reuniu para tentar prestar toda a ajuda possível.

Obrigado
Angélika

6/28/2007  
Blogger An Jo said...

Utzi, descobri-te. Mas encontrei as tuas palavras. Essas palavras, és tu?

P.S.: é um bocado unidimenssional a pergunta, porque tu não és somente as palavras, mas é uma pergunta catita de se fazer, não é?

6/29/2007  
Blogger Utzi said...

Angélika, obrigada por esta primeira visita e pelas simpáticas palavras que me deixaste. Não me importo nada com a divulgação, fizeste bem em deixar o link. Beijinhos :)

Anjo, sem dúvida que estas palavras sou eu, ou pelo menos parte de mim... :) Beijinhos

P.S. Gostei do catita hehehe

6/29/2007  
Blogger An Jo said...

Este comentario esta relacionado com o poema "Triste". Não quero que seja lido. E sendo-o, pelo menor número possivel.
Aparentemente tens utilizado os meus sentimentos, qual execício de telepatia, colocando-os em palavras. :)
Neste fim de semana fui jantar com um casal amigo. Ela disse-me que eu estava triste. Consegui não responder dizendo umas palemices quaisquer e entretanto outros temas surgiram à mesa.
O teu poema deixou-me ainda triste. Não sei porquê. Nem sei porque compartilho isto.
Espero que a tua tristeza ou sejam somente as palavras que escreveste ou passageira.
Se for uma tristeza, isto é a minha opinião, que seja de amor.
A minha não o é, preferia que fosse.

Beijo.

P.S.: Desculpa o desabafo, mas o poema é belissimo. Posso colocá-lo no Hi5 e no meu blog??

P.S.2: Desculpa a linguagem que utilizei num post do meu blog, mas tenho tanto trabalho (meu, de outros, mas faço-o porque sou (mal) pago para isso, mas temos de ser responsaveis, correctos e honestos), e vejo estes imbecis a ganharem tanto, a fazerem tão pouco com tanta gente a trabalhar 10,15,20 vezes mais do que eles e nem 1/3 ganham do que eles auferem, que escrevi o post no calor do momento.

7/02/2007  
Blogger Utzi said...

Meu querido Anjo (bem que ando a precisar de um anjo, porque o meu anda ligeiramente distraído hehehe), podes colocar o poema onde quiseres, fico aliás muito lisonjeada :)

A tua tristeza, espero que passe com as abrir das névoas em raios de sol, com a chegada do Verão, com o cantar dos pássaros... Com o som do vento que passa e te dá a certeza de que o tempo não pára, há que viver cada minuto :)

Quanto ao teu post, nada que desculpar, concordo plenamente ;)

... Mil beijos

7/02/2007  
Blogger An Jo said...

Este comentário foi removido pelo autor.

7/04/2007  
Blogger deepblueangel said...

simples e sincero...

12/07/2007  

Enviar um comentário

<< Home