quarta-feira, 20 de junho de 2007

Passos meus

Ouviste-me passar?
Sim. Eram passos meus.

Passos que passavam por ti.

Passos que passavam apenas.

Passos que chegavam sem que os visses,

Porque passavam sem se ouvir.

Sim. Esses passos que eram meus.

Passos que partiam sem que os visses,

Porque passavam sem se sentir.
Sim. Eram passos meus.

Passos que passavam por ti.

Passos que passavam apenas.

Imagem retirada de http://olhares.aeiou.pt

23 Comments:

Blogger Putty Cat said...

Mas quando se ama, nada nos passa despercebido! Tudo se capta, por mais subtil e imperceptível que pareça...

Excelente.

(óptima reflexão)

6/20/2007  
Blogger PavlovDoorman said...

Pior que os passos que passam, são os passos que não guiam a pessoa querida até nós, simples ouvintes de tal caminhada.

6/20/2007  
Blogger Pedro said...

Passos que me fizeram dar uma passagem por este interessante blog :)

6/20/2007  
Blogger Francis said...

passos em tantas direcções.

6/20/2007  
Blogger Cris said...

Tantas vezes fomos nós, os cegos e surdos, que não ouvimos os passos certos chegarem.

Belissimo texto. Um beijinho
C.

6/20/2007  
Blogger F F Moniz said...

Olá! Sou novo aqui no Blogger. Sou escritor e busco amigos que tenham interesse em literatura. Quando tiver um tempo, visita o meu blog, ok? Um grande abraço e parabéns pelo seu blog!

6/20/2007  
Blogger NeLiNhA said...

é impossível não passar aqui :)

6/20/2007  
Blogger Palavras de um mundo incerto said...

Logo voltarei!

Estou conhecendo novos espaços como o seu.

Abs!

Marcos Ster

6/20/2007  
Blogger Brain said...

Há passos,
Que passam,
Que pesam,
Que passeiam,
Os seres,
Que nos passam,
Que não nos pesam,
Que para nós,
Apenas passeiam.

Mas esse passear,
Que nem sempre é feito ao largo,
É marcado pelo compasso,
De passos de outros,
Que não sendo os nossos,
Ficam por dar.

Utzi, para ti, um beijo meu.

6/20/2007  
Blogger Jaime said...

Passavas e não paravas? :-)
(Sorry, hoje estou em mau dia, não tenho comentário melhor.)

Jaime
www.blog.jaimegaspar.com

6/20/2007  
Anonymous madrugada said...

O barulho dos passos
não incomoda!

aquando os passos
vêm
subtilmente

ao nosso encontro...

com o intúito
pleno
de nos acariciar.

Não os passos,
mas a pessoa
que os transporta.

Escreves;
:)

6/21/2007  
Blogger Utzi said...

Putty cat, também acho :) Estamos sempre de acordo hehehe Beijinhos

Pavlovdoorman, pois é, infelizmente não podemos guiar os passos de quem amamos... Beijos

Pedro, obrigada pela visita e palavras deixadas :)

Francis, é verdade, passos em tantas direcções que por vezes se perdem pelo caminho... Beijo

Cris, talvez todos nós já tenhamos estado nesse lugar, tens razão... Beijinhos

FFmoniz, obrigada pela visita, que retribuirei em breve.

Nelinha, então não deixes de passar! :) Obrigada e beijinhos

Marcos, cá ficarei à espera :)

Brain, lindo o texto que me deixaste :) Muito obrigada.
Mil beijos

Jaime, o que conta é a intenção, e "quem quer dá-la, dá-la" hehehe :) Beijos

Madrugada... :) Beijos e obrigada pelas bonitas palavras que deixaste.

6/21/2007  
Blogger Maria João said...

E tantas vezes passamos assim... sem que nos ouçam... mas, de certeza, não sem que nos sintam ;)

6/22/2007  
Blogger Utzi said...

Maria joão, talvez nos sintam... Talvez isso não chegue para que nos vejam ou nos oiçam...

Beijinhos :)

6/22/2007  
Blogger cm said...

..passo a passo se constroi o caminho..mesmo quando os outros não os sentem...um abraço...sentido

6/25/2007  
Blogger Utzi said...

Cm, verdade :) Beijo

6/25/2007  
Blogger An Jo said...

Ouviste-te passar
Com esses passos teus.
Tu não me ouviste suspirar
por ti.
Não eram suspiros apenas.
Eram suspiros por ti
Deitado aqui
Ouvindo os teus passos
Esperando sentir
Esses pés de marfim
A tropeçar em mim
Passos que passavam por mim.

6/25/2007  
Blogger An Jo said...

Ouviste-te passar deve ler-se Ouvi-te

6/25/2007  
Blogger Utzi said...

Anjo, que bonito... :) É da tua autoria? Beijo

6/25/2007  
Blogger tonsdeazul said...

Lindinha,
Ele provavelmente não os ouviu...
Os teus passos terão de deixar de ser meros passos silenciosos ao passar...
Terás de passar e deixar que os teus passos sejam ouvidos...
Calça uns tamancos. :)

6/25/2007  
Blogger Utzi said...

Tons de azul, o teu sentido de humor hoje está fantástico hehehe :)

Beijinhos

6/25/2007  
Blogger An Jo said...

Sim Utzi. Peguei nas tuas palavras e criei algo meu como resposta ao teu belo poema.

Beijo

6/26/2007  
Blogger Utzi said...

Anjo, pois eu acho que devias escrever mais... O teu poema ficou muito bonito mesmo ;) Beijo

6/27/2007  

Enviar um comentário

<< Home