terça-feira, 12 de junho de 2007

Segue-me


Segue-me.
Encontra os meus trilhos.

Somos só nós...
Das vozes do mundo sós...
Perdidos em lugar nenhum...
Longe de tudo o que tem nome...

Somos apenas Um.



Foto retirada de http://olhares.aeiou.pt/

19 Comments:

Blogger Putty Cat said...

Utzi,

Leste-me o pensamento...

6/12/2007  
Blogger An Jo said...

É o que todos queremos, que nos sigam, ou que pelo menos partilhemos um trilho.
O problema é que normalmente vamos pelo trilho de outros tantando-os alcançar sem que isso aconteça.

Beijos dear Utzi

6/12/2007  
Blogger cacharel said...

Segue-me sempre... ainda que por caminhos tumultuosos... mas segue-me!

Deixo-te com um pensamento que li há anos que diz..."Não caminhes à minha frente, posso não saber guiar-te; Não caminhes atrás de mim, posso não te ver; Caminha ao meu lado e simplesmente sê meu Amigo".

Beijinhos perfumados e continuação de boa semana****

6/12/2007  
Blogger Mustafa Şenalp said...

çok güzel siteniz var.

6/12/2007  
Blogger Dawa said...

Somos todos apenas um... eheh
Bom dia! Beijo grande!

6/12/2007  
Blogger vermelhinha said...

Deliciei-me com o teu blog e vou linkar à minha flôr.

Beijos

6/12/2007  
Blogger carteiro said...

Muitas vezes os nomes não passam de rótulos. O importante é encontrar Aquele lugar desconhecido (até então) mas perfeito para esses dois seres..

P.S. Acho as tuas palavras lindas num sentido de beleza muito singular. À minha maneira, consigo senti-las. Mas a maior beleza que lhes acho é serem tão sentidas e escritas por quem, claramente, já viveu (e sofreu) muito... e tem um enorme amor por todo o azul que pode rodear uma nuvem.

6/12/2007  
Anonymous xana said...

:) abraços e sorrisos!... e obrigada pelos poemas! ;)

6/12/2007  
Blogger Brain said...

Delicioso!
Lindo!

Beijo.

6/12/2007  
Blogger borrowing me said...

when two become one

não há metáfora mais predominante que esta na minha vida...
bom feriado

6/12/2007  
Blogger Utzi said...

Putty cat, olha que ultimamente muita gente me diz isso... já estou a começar a acreditar nos meus poderes sobrenaturais hehehe :) Beijinhos

Anjo, pois, quando isso acontece acabamos por perder-nos... Beijo :)

Cacharel, obrigada pela partilha :) Beijinhos

Mustafa senalp, thanks.

Dawa, issoo parece um slogan para a Benneton hehehe :) Beijinhos

Vermelhinha, obrigada pela visita e pelo simpático comentário :) Retribuirei em breve! Beijinhos

Carteiro, as tuas palavras emocionaram-me. Obrigada, de coração. Mil beijos, amigo :)

Xana, um enorme sorriso para ti :)

Brain, obrigada :) Beijos

Borrowing me, isso é bom :) Beijos

6/12/2007  
Blogger Utzi said...

Peço desculpa à Benetton hehehe :)

6/12/2007  
Blogger Just an ordinary girl said...

Estive por aqui a ler-te. E fiquei apaixonada por este poema e o " Lugares vazios". Parabéns doce Utzi, as tuas pequenas poesias são grandes prazeres meus!

Um beijo grandeeeeeeeeeeee, para ti!

6/12/2007  
Blogger RB said...

Viva a unidade

6/13/2007  
Blogger Pedro Branco said...

Por onde anda o meu nome?
Perdido na corrente de algum trilho?
Encostado a uma sombra secreta?
No reflexo do teu gatilho?

O meu nome existe. À solta de mim?
Na busca de um segredo ou desejo?
Perto de mais, longe também
Onde cada um se esquiva de um beijo...

Farejo-te, nome meu, por aí?
Sigo-te, claro, sem pedir licença ou perdão.
Porque tu, ó nome que afinal sou eu
Possuis-me para os outros e eu não!

6/13/2007  
Blogger Utzi said...

Fátima, tu andas muito fugida... foi bom ver-te por aqui :) Mil beijos

Rb, obrigada e volta sempre.

Pedro branco :) Beijo

6/13/2007  
Anonymous Constança said...

Já é tão difícil ser-se um, quanto mais quando são dois a fazê-lo. Mudamos tanto... Como é que é possível mudar em sintonia? Enfim, acho que não compreendo o poder do amor. :)

6/13/2007  
Blogger Utzi said...

Constança, e será que o poder do amor tem que ser compreendido? Será que alguém o compreende realmente?... Não bastará senti-lo?...
Beijinhos :)

6/13/2007  
Anonymous Constança said...

Pois, sentir! :)

6/13/2007  

Enviar um comentário

<< Home