quarta-feira, 25 de julho de 2007

Entre nós


Entre silêncios,
Palavras.
Entre palavras,

Gestos.
Entre gestos,

Olhares.

Entre olhares,
Paixão.

Entre nós,
Não há céu, nem chão.


Imagem retirada de http://olhares.aeiou.pt/

16 Comments:

Blogger .:mÁrCiO:. said...

É como viver no céu... que saudades de sentir isso!!!

7/25/2007  
Blogger cm said...

sem o céu o seu chão é linha de fusão onde o "eu" é um "nós" vestido de paixão...

7/25/2007  
Blogger Utzi said...

Márcio, tenho a certeza que voltarás a sentir quando menos esperares :) Beijo

Cm, muito bonito... :) Beijos

7/25/2007  
Blogger Francis said...

fiquei sem palavras...

7/25/2007  
Blogger Vieira Calado said...

Um belo poema. Não é preciso dizer muito para dizer tudo.
Bom resto de semana.

7/25/2007  
Blogger Brain said...

Entre os silêncios das Palavras,
Entre as palavras que me fazes,
Entre os gestos com que me olhas,
Entre os olhares com que me apaixonas,

Não há céu, nem chão,
Apenas TU,
Minha IMENSIDÃO!

("brincando" com as palavras UTZI)
(don't be offended!)
:)

Apenas porque,
Adoro o que escreves!

Beijo.

7/25/2007  
Blogger Calimera said...

Magnífico.
"Entre nós" o Paraíso.
Bji

7/25/2007  
Blogger Utzi said...

Francis, coisa rara isso... :) Beijo

Vieira Calado, obrigada. Bom resto de semana também para si.

Brain, não me ofendo nada, até porque eu também gosto muito do que tu escreves, mesmo quando brincando com palavras minhas :) Beijos

Calimera, um beijinho :)

7/26/2007  
Blogger Cris said...

Entre dois corpos que se amam, o espaço entre eles dilui-se, apaga-se, entre beijos, nada mais do que o gosto do amor... Adorei, Utzi!

Desculpa a ausência, mas estou de férias e esqueço-me .... do computador! :)
Ainda mais que agora vou para a Feira, NISARTES, é uma feira internacional de artes tradicionais, para quem goste de artesenato e boa comida, não há melhor. Passa por Terra, e acede ao link da coudelaria ribeirinho paralta, vais ver que vais gostar está lá o programa todo. Eu Estou Lá! No stand da Coudelaria, óbvio!

Beijinhos

7/26/2007  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...



Nó nós nas pernas,

nós nos pêlos,

nos inteiros,

nós nas tripas,

nos começos,

nós nos chamam,

chama inteira,

nos cabelos,

nós os nus,

nós Anais

,nós nas almas,

nós os Nin,

nós nas línguas,

nós nos troncos,

nós nos bicos,

nós nos cheiros,

nós os bichos,

nós no nicho

o nós nos nós.
Nunca nos devemos esquecer quem SomoS !

Tu serás sempre tu!


Bjocas gande

7/26/2007  
Blogger DE-PROPOSITO said...

Deduzo que: 'entre vós não há nada'.
O final do poema é o que me faz entender.
fica bem.
Felicidades.
Manuel

7/26/2007  
Blogger NeLiNhA said...

entre nós nada existe! lindo!!! *

7/26/2007  
Blogger Mateso said...

Preciso. Objectivo. Lindo. É simples o amor.Cheguei aqui através de Terra, Mar e Horizontes. Gostei muito. Voltarei.
Bj.

7/26/2007  
Blogger vermelhinha said...

O beijo pelo silêncio
O toque pelo gesto
O sorriso pelo olhar
O calor pela paixão.

Quem ama não sente barreiras nem limites.

7/27/2007  
Blogger tonsdeazul said...

Tens razão.
"Não há céu, nem chão."
Há tudo.

Um beijinho

7/27/2007  
Blogger Utzi said...

Cris, obrigada pela dica :)
Boas férias! Mil beijinhos

As velas ardem ate ao fim, tantos são os nós que nos apertam a alma e o corpo... Tantos são aqueles que não podemos desfazer, tantos são os que nos fazem o coração doer... :) Beijinhos

Manuel, obrigada pela vista :) Felicidades também para ti. Beijo

Nelinha, mil beijos :)

Mateso, obrigada :) Volta sempre que tiveres vontade. Beijos

Vermelhinha, um beijo grande para ti :)

Tonsdeazul... :) Beijinhos, linda

7/27/2007  

Enviar um comentário

<< Home