segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Acho que não


Acho que não. Não quero saber dos dias, nem das noites. Não quero saber onde se esconde o vento. Não quero saber do passado, nem de qualquer outro momento. Não quero saber onde ias, com quem sorrias. Não quero saber das conchas perdidas, nem das horas frias. Não quero saber dos mares, nem das marés. Não quero saber onde pisam os meus pés. Não quero saber das vozes, nem da escuridão. Só quero saber de ti e de mim. Tudo o resto... Acho que não.

Imagem retirada de http://olhares.aeiou.pt/

13 Comments:

Blogger NeLiNhA said...

gostei da forma como acaba "acho que não"! deixa uma réstia de incerteza.....

10/01/2007  
Blogger Maresia said...

Por muito que não queiramos saber do resto há coisas que nos perseguem.
Nada melhor que o refugio de só querer "saber de ti e de mim".

10/01/2007  
Blogger Pedacinhos de uma vida said...

Olá =)
Gostei muito.
Há coisas que realmente é melhor nao sabermos nem querermos saber.

Um beijinho grande*
catarina

10/01/2007  
Blogger Putty Cat said...

Era tão bom, pôr tudo para trás das costas e também, tal como tu, "achar que não".

Magnifico, minha linda.

Beijos

10/01/2007  
Blogger tonsdeazul said...

Gostei, gostei, gostei.
E sou da mesma opiniãi que a nelinha. A incerteza do "acho que não"...
Beijinhos

10/01/2007  
Blogger Utzi said...

Nelinha, é que as certezas nesta vida, são mesmo muito poucas... ;) Beijinhos

Maresia, é verdade... Mas tentemos, pelo menos, apenas dar importância às coisas que valem realmente a pena. Beijinhos

Catarina, sem dúvida. Um beijinho :)

Putty cat, achas mesmo que não é possível?... :) Beijinhos

Tons de azul, obrigada, obrigada, obrigada hehehe :) Beijinhos

10/01/2007  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Eu acho que achas bem!

Feliz dia Mundial da Musica.

bjinhos

10/01/2007  
Blogger Bárbara Cecília said...

Utzi, vivi dias de "não sei o que acho" ou ainda "acho que não", até mesmo "será que acho"... momentos difíceis que já passaram e se transformaram... Bj! Tenha uma ótima semana!

10/01/2007  
Blogger Pedro Branco said...

Não sei se haverá uma praia só para nós dois. Não sei se a falésia nos cumprimentará de manhã. Não sei se o pão quente estará à porta de casa ao acordar. Não sei se o sol se lmebrará do nosso amor. Não sei se cada onda de espuma é um grito ou um beijo. Não sei se o vento é um manto. Não sei se os teus olhos saberão encontrar os meus se não vir mais nada!

10/01/2007  
Blogger Dawa said...

Lindo e forte como sempre. :D
Beijinhos grandes e excelente semana!

10/01/2007  
Blogger Calimera said...

Só quero saber de ti e de mim. Tudo o resto... Acho que não.

E só isso é o que interessa.
Beijinho grande

10/01/2007  
Blogger cm said...

toda a certeza nasce na dúvida...
um abraço

10/02/2007  
Blogger Utzi said...

As velas ardem até ao fim, para mim todos os dias são dias dedicados à música... Eu não passo sem ela :) Mil beijinhos

Bárbara cecília, ainda bem que passaram e se transformaram :) É bom fechar velhos capítulos e começar novos. Beijos

Pedro branco, no fundo o que é que nós sabemos realmente?... Beijo

Dawa, mil beijos :)

Calimera, :) sem dúvida que é. Beijo grande

Cm, concordo :) Beijo

10/02/2007  

Enviar um comentário

<< Home