sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Ardem as velas que me deste

Ardem as velas que me deste
Na noite em que a ti me entreguei

E tu a mim te ofereceste...
Hoje já não sei

Porque as guardei

Todo este tempo,

Porque as não usei

Em qualquer outro momento...

Sei que agora estou aqui,

Como um moinho à espera do vento,

Assim,

Sozinha, esperando por ti,

Enquanto as velas ardem,

Uma a uma, até ao fim...

Este é dedicado a ti...

http://velasardemsempreateaofim.blogspot.com

... Espero que o leias e releias à luz das tuas velas...

23 Comments:

Blogger Brain said...

Velas,
Oferenda de luz,

Contradição na ausência,

Memórias vivas,

Algo mais... de ti!

Adorei!

Beijo.

11/09/2007  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Eu adorei e claro que choro porque recebo muito...

Amei!

bjo

11/09/2007  
Blogger Rui Caetano said...

As velas ardem, mas não se queimam, renascem a cada dia que passa, pois se o amor persiste a chama torna-se incandescente e viva.

11/09/2007  
Blogger Dawa said...

Assim que li o titulo lembrei-me dela...
Lindo!
Beijo e bom fdsemana!

11/09/2007  
Blogger Chahy said...

Há sempre esperança na luz, nem que seja na ténue chama de uma vela, e essas, ardem mesmo até ao fim, para não nos deixarem sozinhos nas trevas das nossas memórias.

Excelente texto!

11/10/2007  
Blogger Blue Velvet said...

Ardem as velas que me deste
Na noite em que a ti me entreguei
E tu a mim te ofereceste...
Lindo!
Hoje já não sei
Porque as guardei
Todo este tempo...
Não seria para manter a chama acesa desse momento?
Muito bonito o que escreves.
Visita obrigatória.
Bom fim de semana
beijinhos

11/10/2007  
Blogger little_blue_sheep said...

:)
*

11/10/2007  
Blogger POETA VAGABUNDO said...

beijo vagabundo

11/10/2007  
Blogger Calimera said...

Que as velas te levem ao destino sonhado

Beijinho grande

11/10/2007  
Blogger Pedro Jorge Moreira da Silva said...

no amor sera sempre importante manter a chama acesa
bjs

11/10/2007  
Anonymous R. said...

É batota usar títulos de livros para fazer poemas... tsc tsc..

Cumprimentos menina Utzi


PS: Tive uma foto muito parecida a essa como screensaver do meu telefone durante uns meses que pareceram anos.

PS2: Mande-me um mail e eu digo-lhe quando é que volta a poder ler-me.

11/10/2007  
Blogger Mustafa Şenalp said...

very nice a blog :)

11/10/2007  
Blogger Fernanda e Poemas said...

Olá lindo!!!
Beijinhos,
Fernandinha

11/10/2007  
Blogger Paulo said...

Também associei ao blog dela.

Muito bom este poema.

Mas ler isto e ouvir aqualung deixa-me melancólico...

*

11/11/2007  
Blogger Barão da Tróia II said...

Bonito, muito bonito, mas con tanta vela é preciso cuidado com o fogo, boa semana

11/12/2007  
Blogger Putty Cat said...

Eu, que sou uma veló-dependente, só podia gostar (MUITO) deste teu post e do seu significado, para mim, claro.

Beijos para ti, Utzi.

11/12/2007  
Blogger tonsdeazul said...

Que bonitas palavras dedicadas.
Que a luz das velas esteja sempre presentes entre vocês.
Um beijinho e uma óptima semana

Nota: Utzi, amiga lancei um novo concurso no tonsdeazul. Gostava de contar com a tua participação. :)

11/12/2007  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Um grande bjinho e boa semana

11/12/2007  
Blogger Utzi said...

Beijos enormes com o meu mais sincero carinho a todos.

11/12/2007  
Blogger MH said...

Hum!!! Perco-me a olhar para elas...
A dança da chama é hipnotizante...

11/12/2007  
Blogger Utzi said...

Mh, eu também adoro em velas :) Tenho que ter sempre em casa, velas e incenso. Beijo

11/13/2007  
Blogger melgadoporto said...

Costuma dizer-se que bons ventos, bons pensamentos.
A chama de cada vela será sempre um avivar de uma recordação.
Um a um renascerão os pensamentos
E com eles virá o vento, a qualquer momento.
Vento de vida, para as pás de qualquer moinho.

11/16/2007  
Blogger Utzi said...

Melgadoporto, bonitas as tuas palavras... :) Beijinhos

11/19/2007  

Enviar um comentário

<< Home