quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Homem de ferro




Homem de ferro,
Repetes sem vacilar:
"Eu nunca erro".
Não sentes nada,
Não sabes chorar,
Magoas sem culpa por magoar.
Não tens piedade,
Não tens compaixão,
O mundo inteiro gira com a força da tua mão.

Destróis quem te tenta travar,
Não há paredes que te impeçam de passar.
E nunca pedes desculpa,
Pois tudo te é devido,
Só a tua vontade conta,
E tudo o que queres te é garantido.

Já te olhaste no espelho?
Já viste quem és?
Uma coisa te juro:
Eu estou para lá de qualquer muro.

Tu podes ter tudo,

Tudo, menos eu, caída a teus pés.

Imagem retirada de www.olhares.aeiou.pt

30 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

12/19/2007  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Tu seras sempre mais forte!
Divino o poema.

bjinho grande.

12/19/2007  
Blogger blueangel said...

Mais um vez lindo e profundo...
beijos

12/19/2007  
Blogger Blue Velvet said...

Querida Nuvem,
como o próprio nome que tens, andas a vaguear, lá no alto.
Seria impensável que estivesses aos pés de alguém.
Só se for de um sol radioso para te aquecer, quando te desfizeres nos seus braços. :)

PS: Deixei-te um presentinho de Natal no meu blog. Vai lá buscá-lo.
Beijinhos e Festas Felizes

12/19/2007  
Blogger Rain said...

Olá, vinha agradecer a tua visita e desejar-te um bom natal também!
Às vezes era bem preciso adoptar essa imagem de "homem de ferro"? Não seremos todos afinal ou já o teremos sido todos, numa qualquer altura num qualquer contexto, que é o deste mundo, (que não nos deixa muita opção de escolha...)!!! ;))
Muitos beijinhos e fica bem. Lindo poema!!!

12/19/2007  
Blogger Dawa said...

Beijinho enorme, linda e um feliz natal! :D

12/19/2007  
Blogger htsousa said...

Um homem de ferro nunca conhecerá a vitória maior... a vitória da derrota! Belo poema.

12/19/2007  
Blogger David said...

Muito bom...O teu lugar é lá bem alto...não fosses tu uma nuvem... Caídos aos pés de alguém??? Nunca

Um beijo

12/19/2007  
Blogger Mercúrio said...

ao passar aqui pela primeira vez não posso deixar de dizer... que pena não te ter lido antes

voltarei, é certo

12/19/2007  
Blogger Rain said...

Estive a ler hoje uns excertos de Sartre (filósofo e escritor que adoro)e não pude deixar de me lembrar agora, ao ler este poema de uma frase que li... que era mais ou menos assim ..."Não precisamos de grelhas, o inferno são os outros"... Não sei se tem alguma coisa haver com o que quiseste dizer mas lembrei-me...

12/19/2007  
Blogger Fi said...

És simplesmente fantástica!

Porque não tentas editar um livro só com os teus textos???
Quase que aposto que conseguirias!

Eu nunca percebi muito de poesia, nem fui muito admiradora do estilo... mas o que escreves é fantástico! Adoro!

Devoro o teu Blog de uma ponta à outra!

Devias tentar editar, a não ser que não faça parte dos teus desejos ou que já o tenhas feito!

Beijok*s e continua assim Nuvem!

12/20/2007  
Blogger Diogo Ribeiro said...

Belo poema. Eis a força que me falta por vezes...

Obrigado pela visita, Nuvem. Se não é indiscrição, o que levou à mudança de nome?

Beijo.

12/20/2007  
Blogger Carol Barcellos said...

Hmmm, conheço vários. Mas, é isso aí, nuvem, nós temos que ser muralhas, e não manteigas derretidas aos pés de quem não merece... Uhuuu!!!

Amei o homem, quer dizer, o poema, hahahaha, essa foi boa. É que a foto que vc escolheu, com um corpinho tão trabalhado, barriga de tanquinho, me distraiu um pouquinho, hihihi...
Só faltava ser a foto do Raoul Bova ou do Enrique Palacios, aí era demais, né? Pura maldade!!!
:0> :0> :0> :0>

Um beijão!!!

12/20/2007  
Blogger Karina said...

Olá!
Não se esqueça, querida, que chega um momento em que o ferro se oxida.
Essa é uma de suas inconveniências.
Mais um belo texto.
Bjos

12/20/2007  
Blogger Putty Cat said...

Ainda há pessoas que se julgam donas da razão e do mundo. Mas sobretudo, que têm as pessoas e as suas verdades como garantidas.

Está aqui a prova, de que não é bem assim e que ainda há personalidade e carácter para o provar.

Mais uma vez, genial, linda Nuvem.

Para ti, um Feliz Natal.

12/20/2007  
Blogger nuvem said...

As velas ardem até ao fim, obrigada e mil beijos para ti, querida.

Blueangel, muito obrigada :) Beijinhos

Blue velvet, gostei da ideia do sol radioso :) Mais uma vez obrigada pelo presentinho, de coração. Mil beijos

Rain, já havia comentado no teu blog que também sou apreciadora de Sartre, temos mais esse gosto em comum :) Beijo

Dawa, mil beijos para ti :)

Htsousa, bem verdade, saber perder com honra é uma virtude só de alguns... Beijo

David, obrigada :) Beijos

Mercúrio, garanto que esta nuvem não vai fugir e que tens muito tempo para ler o que está para trás :) Obrigada pelas palavras. Beijo

Fi, de facto não tenho nada editado, mas agora em no início deste ano sairá um livro intitulado "Nas Águas do Verso", que é uma compilação de vários poemas escritos por variados autores. Um deles é meu. Depois disso... Logo se vê ;) Beijinhos e obrigada pela força e carinho :)

Diogo ribeiro, na verdade todos os meus amigos já me chamavam nuvem, por isso, fiz-lhes a vontade :) Beijos

Carol, fartei-me de rir com as suas palavras... "barriga de tanquinho" é demais :) Não conheço esses nomes que citou, quem são? Mil beijos, querida :)

Karina, bem verdade. Beijinhos

Putty cat, contigo nem preciso de palavras. Já sei que me entendes sempre :) Mil beijos

12/20/2007  
Blogger htsousa said...

Não me referia a saber perder, mas sim à vitória que se encontra quando te entregas, quando derrotas o orgulho e o ego, algo que o homem descrito não conhece.

12/20/2007  
Blogger nuvem said...

Estamos a falar do mesmo, ainda que por palavras diferentes. Beijo :)

12/20/2007  
Blogger borrowing me said...

nuvem
desculpa mas o tempo é pouco e a loirisse agravasse...
boas festas!
bom natal, tudo de bom no teu sapatinho!

bjs

12/20/2007  
Blogger MH said...

Os homens já não se querem de ferro...

"Tu podes ter tudo,
Tudo, menos eu, caída a teus pés"

Ele até pode ter mas, o teu verdadeiro EU, esse só mesmo conquistado :)

Bonitas palavras
Bj

12/20/2007  
Blogger nuvem said...

Borrowing me, estás desculpada :) Mil beijos para ti

Mh, obrigada. Beijos :)

12/20/2007  
Blogger Carol Barcellos said...

Ah, vc não conhece, que pena... Mas, vale a pena usar o Google imagens pra isso também, hahaha!!! Raoul Bova é um ator e modelo masculino. Já participou em diversos filmes e séries, chega a parecer com o Ralph Fiennes, mas gosto mesmo de ver sua atuação como modelo. Ele é um quadro.
E o outro, Enrique Palacios, modelo masculino venezuelano, vc encontra no You Tube, se procurar pelo comercial do Armani Code for women. Os comentários lá tb nos matam de rir, mas são pura verdade!!! Enrique é Enrique!

Beijocas!!! :0> :0> :0> :0>

12/20/2007  
Blogger nuvem said...

Carol, obrigada pelo esclarecimento! :) Mil beijos

12/20/2007  
Blogger Rui Caetano said...

O ferro encontra-se na força e na eternidade de um sentimento que se pode chamar amor profundo. Um Bom Natal.

12/20/2007  
Blogger Heartbeat said...

"Dizer que o homem é uma mistura de força e fraqueza, de luz e treva, de pequenez e grandeza, não é julgá-lo, é defini-lo. "

12/20/2007  
Blogger nuvem said...

Rui caetano, é um ponto de vista :) Um Feliz Natal também para ti.

Heartbeat, também é verdade. Beijo

12/21/2007  
Blogger Sandro said...

Uau! Muito bom.
Adorei o poema... e revi-me dos dois lados, o que é incrivel!

Um beijo..

12/21/2007  
Blogger nuvem said...

Sandro, obrigada. Beijos para ti :)

12/21/2007  
Blogger melgadoporto said...

“É isto que a mulher, mais rápida a evoluir e a adaptar-se às novas exigências da vida não lhe perdoa: que acéfalos, passivos e acríticos, se sujeitem a comportar-se como um reflexo, repetindo os mesmos gestos ad eternum, por inércia, como a da gravata que continuam a enrolar ao pescoço desde o século XVII, como se não se lembrassem – ou percebessem! - que já não lhes serve para nada.
No fundo, se calhar, era só isso que queríamos: a possibilidade de conversar para tirar dúvidas, e que esse exercício, essa necessidade porventura feminina de debater até à paz as questões amorosas, não fosse considerada pelo homem nem chata nem desencorajadora.”
Escreve Rita Ferro... aos homens!
Um bom tema para junto de uma lareira se conversar... finalmente... homem e mulher...
:)
dwngsyvl

12/23/2007  
Blogger Joseph said...

Nuvem
Olá

Fabuloso.
Não tenho mais palavras.

Um Santo e Feliz Natal 2oo7

Beijinhos natalícios**

12/23/2007  

Enviar um comentário

<< Home