quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

A noite sem ti


Dou voltas e voltas na cama, cada vez mais emaranhada na solidão dos lençóis. Porque não estás aqui? Sinto tanto a tua falta... Pergunto-me onde pousam hoje as tuas mãos, que um dia souberam de cor os traços do meu corpo. Será que ainda sonham com a minha pele como eu sonho com a tua? Será que me procuram tanto como eu anseio que me encontrem? Estico o braço até ao teu lugar vazio, frio, e toco ao de leve o espaço que ocupa a tua ausência. Parece que consigo ver-te, tranquilo, a olhar para mim, a trespassar-me suavemente a alma. "És perfeita", dizias-me tu. E depois sorrias, como uma criança que vê a lua pela primeira vez. Todas as vezes.

A noite custa-me demais, sabes... Custa-me porque tinhas que estar aqui. Porque o silêncio que oiço só sabe chamar pelo teu nome. Custa-me porque tudo perdeu o sentido sem ti. Principalmente adormecer e sonhar.

Imagem retirada de olhares.aeiou.pt

28 Comments:

Blogger Romeu said...

Este comentário foi removido pelo autor.

1/16/2008  
Blogger Romeu said...

A vida é feita de encontros e desencontros.

Mais do que um simples chavão, é a dura realidade que muitas vezes não queremos ver.

"Wish you were here" - Pink Flyd

Kiss

1/16/2008  
Blogger nuvem said...

Romeu, concordo contigo. Adoro Pink Floyd :) excelente escolha. Beijo

1/16/2008  
Blogger Carol Barcellos said...

Deu até um nó na garganta agora...

O Romeu lembrou do Pink Floyd, por causa do sentimento da saudade, e eu, pensando na admiração masculina, na frase "És perfeita", lembrei da Alanis Morissette em "Everything":

"You see everything,
you see every part
You see all my light
and you love my dark...";

e em Uninvited:

"Like anyone would be
I am flattered by your fascination with me..."

Beijos de cristal e chuva de pétalas de rosa!!!

1/17/2008  
Blogger Francis said...

sogadito e tal.

1/17/2008  
Blogger nuvem said...

Carol, também partilho o gosto pela escolha musical :) Estou a ver que deixei toda a gente musicalmente inspirada :) Beijinhos

Francis, :) Beijo

1/17/2008  
Blogger Lorenzo Monsanto said...

Vou aderir às escolhas musicais...Pelo que li, pensei logo nesta música. Basta passar o "she" para "he"



Slipknot - Vermillion Pt. 2

She seemed dressed in all of me
Stretched across my shame
All the torment and the pain
Leaked through and covered me
I'd do anything to have her to myself
Just to have her for myself
Now I dont know what to do
I dont know what to do
When she makes me sad

She is everything to me
The unrequited dream
A song that no one sings
The unattainable
She's a myth that I have to believe in
All I need to make it real is one more reason
I dont know what to do
I dont know what to do
When she makes me sad

But I wont let this build up inside of me
I won't let this build up inside of me

I catch in my throat
Choke, torn into pieces
I won't
No, I dont want to be this

But I wont let this build up inside of me


She isnt real (Won't let this build up inside of me)
I can't make her real (I won't let this build up inside of me)
She isnt real (Won't let this build up inside of me)
I can't make her real (Won't let this build up inside of me)

Identifiquei com estas palavras...Altera-se apenas o sujeito.

Um beijo.

1/17/2008  
Blogger Lorenzo Monsanto said...

Lorenzo Monsanto aka Hyoma

Esqueci-me de informar :)

1/17/2008  
Blogger Brain said...

Dear Clowd...

Cada término,
Encerra em si,
A possibilidade,
De um novo começo.

Eu pelo menos...
Assim penso.

Viver,
Terminar,
Saber,
Recomeçar.

Excelente, como sempre!

Um Beijo meu

1/17/2008  
Blogger anamoris said...

Nada se perdeu, tu continuas a escrever lindamente. Inspira-te a ausência.
Beijos

1/17/2008  
Anonymous Anónimo said...

Ola ...
Sabes , as minhas noites tb nao fazem sentido sem ti !...
Tu tb devias estar aqui , eu procuro-te nas noites e nao te encontro , pergunto-me pq ..,.. mas eu nao sei q resposta !!!
Talvez tu a saibas !...

Bjo doce do teu SEMPRE Homem de Ferro

1/17/2008  
Anonymous Anónimo said...

És simplesmente e estupidamente MÁGICA , ler o q escreves é Motivante , é Delirante !!!
Alimento-me das tuas palavras , escolhidas uma a uma , minuciosamente !!!...
Perfeito , És PERFEITA !!!

Bjo doce do teu SEMPRE Homem de Ferro

1/17/2008  
Blogger mixtu said...

perder o sentido...

perder o adormecer

perder o sonhar...

até que se encontra quem não estava ou outro que nunca se procurou...

abrazo serrano

1/17/2008  
Blogger Oliver Pickwick said...

Resignação com suavidade. Não sou muito favorável à resignação nesses casos, querida Nuvem, mas reconheço a beleza do texto.
Beijos cá de baixo!

1/17/2008  
Blogger NeLiNhA said...

hmm, a saudade e a falta que o calor de um corpo fazem... a necessidade de sentir a presença de outro ser é mesmo isso ;)

bjão

1/17/2008  
Blogger Nuno Tavares said...

Sinceramente... acho que o problema está na cama! Passa pelo IKEA e compra uma cama nova... :)

Beijinho

1/18/2008  
Blogger Mr.Blonde said...

Gostei bastante do teu post (afinal como já é teu apanágio)!

Desejo-te também um Bom Ano!
BJS*

1/18/2008  
Blogger Bárbara Cecília said...

Estou de volta, e passei para te mandar um enorme beijo!

1/18/2008  
Blogger Baraújo said...

com todas as músicas que foram sugeridas... espero que ja possas adormecer e sonhar... :)

muito inspirador mesmo...

um beijo enorme

1/18/2008  
Blogger Esquissos said...

A saudade.. aquele sentimento poderoso que é bom na medida em que nos faz perceber que ainda gostamos e/ou amamos, mas dói tanto ficar longe...
A ausência, o silêncio invade-nos e com ele um conjunto de imagens, pensamentos...

O texto está muito sentido...

Um beijo,

Draco

1/19/2008  
Blogger Blue Velvet said...

Provavelmente, querida Utzi, foi o teu texto que nos deixou tão inspirados.
Eu, quando sinto tudo o que descreves oiço esta música, que para mim é das mais bonitas que conheço.
É da Katie Malua. Deves conhecer, mas aqui te deixo a letra.
Enjoy.
Beijinhos e bom fim-de-semana

How can I think I'm standing strong,
Yet feel the air beneath my feet?
How can happiness feel so wrong?
How can misery feel so sweet?
How can you let me watch you sleep,
Then break my dreams the way you do?
How can I have got in so deep?
Why did I fall in love with you?

CHORUS:
This is the closest thing to crazy I have ever been
Feeling twenty-two, acting seventeen,
This is the nearest thing to crazy I have ever known,
I was never crazy on my own…
And now I know that there's a link between the two,
Being close to craziness and being close to you.

How can you make me fall apart
Then break my fall with loving lies?
It's so easy to break a heart;
It's so easy to close your eyes.
How can you treat me like a child
Yet like a child I yearn for you?
How can anyone feel so wild?
How can anyone feel so blue?

1/19/2008  
Blogger POETA VAGABUNDO said...

a noite é amante da dor e do amor...
beijo vagabundo

1/19/2008  
Blogger MADRUGADA... said...

Talvez amanhã ele saiba
talvez amanhã ele dance
dentro de ti
ao ritmo do teu amor

E depois, darem
lugar ao sonho
e, sonhar...

Cumprimentos.

1/19/2008  
Blogger Rain said...

Adormecer e sonhar... Lindo texto.

1/19/2008  
Blogger Maria Laura said...

´Dizer que a vida é assim mesmo e que, com o tempo, renascerá o amor, provavelmente não servirá de muito. Mas é, mesmo. Vive as pequenas alegrias para poderes chegar às grandes.

1/19/2008  
Blogger eu.e.tu.à.procura.de.nos.2 said...

Tão bem descrita a sensação que passo*

1/20/2008  
Blogger nuvem said...

Lorenzo, gostei da letra :) Beijo

Brain, sem dúvida. Beijo

Anamoris, isso é verdade, inspira-me mesmo :) Beijinhos

Mixtu, por vezes acontece. Beijo

Oliver, resignação ou apenas saudade? :) Beijo e obrigada pelas palavras.

Nelinha, um beijinho para ti :)

Nuno, naaa, dá uma trabalheira a montar isso! Depois é que não durmo mesmo! Beijinhos

Mr.blonde, ainda bem que gostaste. Obrigada, beijos :)

Bárbara cecília, já não era sem tempo! Beijinhos :)

Baraújo, a música é realmente uma fonte de paz para mim :) Beijos

Esquissos, boa descrição :) Ainda bem que gostaste. Beijos e obrigada pelas palavras.

Blue velvet, conheço, é muito amorosa :) Mil beijos para ti, querida :)

Poeta vagabundo, verdade. Beijo :)

Madrugada, talvez :) Beijo

Rain, obrigada. Mil beijos :)

Maria laura, mas a vida é assim mesmo :) Beijinhos

Eu.e.tu.a.procura.de.nós.2, obrigada pela visita e pelas palavras deixadas. Volta sempre. Beijos :)

1/21/2008  
Blogger Karina said...

Por que será que a noite se torna a parte mais dura?
Acho que é pelo fato de ser neste momento que constatamos o que passamos o dia inteiro pensando...estou sozinha!
Mas te conto um segredinho: na verdade, nunca estamos sozinhos, por mais que isso pareça inacreditável agora, verás que digo o certo.
Fique bem, querida!
Bjos

1/22/2008  

Enviar um comentário

<< Home