quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Enquanto dormias



Ontem, enquanto dormias tranquilamente,
Entrei no teu peito e, com cuidado, roubei-te o coração...
Eu sei, deveria ter pedido para entrar.
Mas tive medo que recusasses...

E, afinal, tu também levaste o meu sem me avisar...


Imagem retirada de um cantinho virtual esquecido

34 Comments:

Blogger Narrador said...

Nuvem...Curvo-me. Não só pela escrita, mas também pela Criatividade que "jorra" da tua alma. Os pormenores que, usualmente nos escapam, são para ti sempre tão evidentes.

Respeito e admiração, é o que sinto por ti.

2/28/2008  
Blogger Brain said...

De uma forma geral é tranquilamente que também eu aqui entro mas...

A saída...

Essa já é sempre em condições BEM diferentes!

Um Beijo meu.

2/28/2008  
Anonymous Anónimo said...

Existem coisas q nao temos q roubar ... por vezes elas ja sao nossas , so temos q estar atentos ...
Se esse é o Coraçao q penso , ele É teu desde o dia em q te conheceu !!!

Bjo doce ;)

2/28/2008  
Blogger LNeves said...

Se ele tem o teu e tu o dele, não estamos mal... :)

***MUAH***

2/28/2008  
Blogger Paulinha said...

Foi justo :)
Ha momentos em que me apetece ganhar asas e voar para roubar o seu coraçaozinho. As vezes, porem, tenho medo que ele acorde. Beijinhos

2/28/2008  
Blogger Donagata said...

Até parece fácil, linda nuvem. Tão simples e tão belo!

2/28/2008  
Blogger PavlovDoorman said...

Parabéns
Pois roubar assim não é crime...

2/28/2008  
Blogger Karina said...

Ai, é tão bom quando nos invade essa vontade de roubar alguém pra gente.
Adoro seus textos!
Bjos

2/29/2008  
Blogger Sam said...

Arrebatas o meu também toda vez que entro aqui, e eu ciente disto volto... sempre!

Bjosss!!!

2/29/2008  
Blogger tonsdeazul said...

Então levaste-lhe o coração!!
E ele levou o teu!?
HUm... Então não ficaram insensíveis ao sentir.
Está lindo este conjunto de palavras e foto.

2/29/2008  
Blogger Xisko the kid said...

nada se leva sem saber...

2/29/2008  
Blogger nuvem said...

Narrador, nem sei o que dizer... Fiquei sem palavras. Obrigada. Beijos

Brain, isso é um excelente sinal... Sinal de que o teu coração está vivo e de boa saúde! :) Beijos

Anónimo, também é verdade :) Beijos

Ineves, é uma troca justa, não achas? :) Enquanto os bancos não puserem preço ao coração, acho que não interessa a ninguém ter dois em vez de um só... :) Beijinhos

Paulinha, se não tentares, nunca vais saber se valeria ou não a pena o roubo :)

Donagata, muito obrigada pelas sempre gentis palavras. Beijinhos

Pavlovdoorman, será que não? :) Beijos

Karina, e eu os teus :) Beijinhos

Sam, ainda bem! :) Beijos

Tonsdeazul, obrigada :) Mil beijinhos

xisko de kid, ai não... Experimenta esquecer-te das chaves no carro e vê lá se o ladrão te vem perguntar se o pode levar... heheheh :) Beijos

2/29/2008  
Blogger As Sombras de Fim do Dia said...

OOOps. Eu, noutros tempos e em outros lugares, usei este mesmo coração para ilustrar um pequeno poema. Sorri quando o vi.

Que te traga tudo de melhor, este coração a um canto.... ;)

2/29/2008  
Blogger Edu said...

Isso não é roubar , apenas reclamar o que nos pertence, por vezes o medo faz nos pensar que e ver as coisas da maneira mais estranha, mas sempre bonita.
Como sempre belisssimo.

2/29/2008  
Blogger Arco-íris said...

É bom entrar sem pedir, qd em troca fazem o mesmo e somos felizes...
Qd dois corações se unem e se fazem um só ...resta seguir em frente e alimentar esse coração para que se mantenha esse amor vivo...
beijinhos...muitos...

2/29/2008  
Blogger Carol said...

Troca por troca! Quando assim acontece é a felicidade que se encontra.
Parabéns por mais um belo poema.

2/29/2008  
Blogger Carol Barcellos said...

Ladrão que rouba ladrão é mais ladrão ainda, e deixa tudo mais emocionante, hahahaha!!!

Nuvem, teu poema está perfeito, e adivinha: era tudo o que eu gostaria de fazer...quem sabe, com estas idéias que tu ofereces a tanta gente, com esta inspiração que tu inspiras a outros, cresçam mais os ramos e brotos dos atos ousados e criativos, feitos por amor?

Beijos doces cristalizados, e muitas pétalas de rosas vermelhas de cristal!!! Love is in the air!!!
:o* :o*

3/01/2008  
Blogger little_blue_sheep said...

:)
***

3/01/2008  
Blogger Templo do Giraldo said...

http://templodogiraldo.blogspot.com/


Passem por aqui.

SAUDAçÔES.

3/01/2008  
Blogger Rain said...

Simplicidade fantástica uma imgagem que nos toca a alma, e os sentidos... as usual.P.S -por motivos pessoais não tenho podido vir cá visitar-vos ou mesmo actualizar o meu blog, falta de tempo e vontade. Um dia destes escrevo novamente.

3/01/2008  
Blogger Nuno Tavares said...

Nuvem... a foto está perfeita. O que escreves é sempre uma surpresa, estás sempre a surpreender-me! Beijinho

3/01/2008  
Blogger nuvem said...

As sombras de fim do dia, nesse caso também roubei o teu coração! Estou a ficar uma ladra profissional, está visto hehehe :) Beijos

Edu, será?... Beijos

Arco-íris, concordo :) Mil beijos

Carol, obrigada e beijinhos para ti :)

Carol barcellos, eu adoro os teus comentários, sabias? :) Mil beijos, querida

Little blue sheep, um sorriso enorme para ti e mil beijos a acompanhá-lo :)

Templo do girassol, obrigada pelo breve momento publicitário ;)

Rain, tenho saudades de te ler :) Gostei muito de te ter por cá. Mil beijinhos

Nuno tavares, ainda bem! :) Beijos

3/02/2008  
Blogger MADRUGADA... said...

Não - O amor bate à porta...!

A verdade também tem o seu juízo, mesmo que não bata certo com as cinco horas depois de a perder...!

Impropérios são os cânticos que se dão aos golpes mórbidos de comensais pela boca.

Ter medo de recusa - é desavindo!
Roubar assim...

É- DIVINDADE.

Cumprimentos

3/02/2008  
Blogger Ana said...

Minha querida e que bom que é quando somos mutuamente "assaltados" desta forma!O amor é mesmo assim entra sem pedir licença...e que bom que é..

Beijinho bem doce,:)*

3/02/2008  
Blogger nuvem said...

Madrugada, que belas palavras as tuas :) Obrigada, beijos

Ana, também acho :) Mil beijos

3/02/2008  
Blogger Maria João said...

Que bonito! :)

E depois há o velho ditado: ladrão que rouba ladrão... ;)

Beijinhos, doce poetisa! Boa semana *

3/02/2008  
Blogger Lenin aka JR said...

Não gosto de o fazer... roubar, seja o que for. Nem coisas materiais nem ideias ou ideais. Por isso peço, sempre antes de entrar, se posso dispor ou se posso "roubar".

Como sempre... fiquei sem palavras. Literal e literáriamente.

Gostava de te pedir que me deixes publicar este texto no meu cantinho. Com a devida referência à autora e ao local de onde foi retirado... emprestado. Claro.

Mil Beijos,
João

3/03/2008  
Blogger isabel said...

gostei do blog e deste post em particular :)

3/03/2008  
Blogger Blue Velvet said...

Nuvem linda,
além de imaginativo e "clean" este post fez-me sorrir de ternura :)
Beijinhos e veludinhos

3/03/2008  
Blogger nuvem said...

Maria joão, bem lembrado! :) Beijinhos

João, obrigada pelas palavras :) Claro que podes publicar o poema, tenho muito gosto. Beijinhos

Isabel, obrigada :) Espero que voltes. Beijinhos

Blue velvet, que bom :) Beijinhos

3/04/2008  
Blogger melgadoporto said...

Deixei o meu que o levassem, pedi até!
Está em boas mãos, melhores que as minhas.
Mais sadias!
Tanto mais que sem elas, não necessito dele.
Bj

3/04/2008  
Blogger Oliver Pickwick said...

Olho por olho, no cânone antigo; coração por coração, em versos doces e inspirados. Muito melhor.
Beijos, e dias felizes!

3/04/2008  
Blogger NeLiNhA said...

"cativaste-me...agora tens que tomar conta de mim"

3/05/2008  
Blogger nuvem said...

Melgadoporto, que bonito! :) Ainda bem que assim é. Beijinhos

Oliver, gostei! :) Beijinhos

Nelinha, um beijinho para ti :)

3/05/2008  

Enviar um comentário

<< Home