quarta-feira, 26 de março de 2008

Choro


Pensas que sorrio quando penso em ti?
Mas não.
Pensas que me alegro quando te recordo?
Que fico feliz por seres tu e somente tu
O meu pensamento quando acordo?
Não.
Na verdade choro.
Choro de agonia
Nesta cama fria,
Choro de desgosto,
Descontrolada,
Desesperada,
Choro sozinha, calada
Noite após noite, desenfreada,
Por não saber esquecer o teu gosto,
Por não ouvir outra voz que não a tua,
Por não ver senão o teu rosto
No meio de tantos
Que nada me dizem,
Por todos os cantos
De cada triste rua...
Estás escondido cá dentro
Como um segredo,
Como um pecado,
Inconfessável,
Incontornável,
Estás-me na pele entranhado,
És doença sem cura,
És vertigem, loucura,
És medo...
És dono de mim.
Por isso, eu choro,
Afogo-me neste choro sem fim,
Choro alma, corpo e água salgada,
Choro toda, choro inteira,
Choro a dor mais crua e verdadeira,
Com a força que tenho ainda guardada,
Com tudo o que me resta...
A vida que morre a ti ancorada.


Imagem retirada de olhares, aeiou.pt

33 Comments:

Blogger Nuno Tavares said...

Fiquei completamente arrepiado... da cabeca aos pes! Ta lindo...
Beijinho

3/26/2008  
Blogger Edu said...

Acende mais um cigarro, ve o fumo que sai dele e vai para longe e desaparece, no final...vais ver que tambem ele não é mais agora que uma simples recordação. O amor não deixa tambem de ser um vicio, que como todos manda mais em nós que nós neles, mas deixa sempre recoradações boas e más. Não adianta tentar apaga-las ou fecha-las, apenas saber como as ligar a nós mesmos. Infliesmente ainda não abriram uma clinca de desintoxicação para este vicio para eu fazer check-in looool
kiss

3/26/2008  
Blogger Lídia Amorim said...

as recordações nem sempre vêm sós... por vezes, consigo vêm lágrimas...

A lágrima é uma forma de libertação... chora e logo te sentirás aliviada...há-de chegar o dia em que em vez da lágrima, sairá um sorriso :)

beijinho!

3/26/2008  
Blogger Lenin aka JR said...

Speechless. E acho que sabes o porquê de ser em inglês... ;)

Beijinhos,
João

3/26/2008  
Blogger Blue Velvet said...

Que raiva não ser a 1ª: é que assim tenho que copiar os outros: também eu fiquei arrepiada e speechless.
Além de uma lágrima ter rolado...
Linda Nuvem,
beijinhos e veludinhos

3/26/2008  
Blogger Donagata said...

Fantástico!É absolutamente incrível o prazer intenso que me trouxe a leitura deste poema (de mais este poema). São, de facto, palavras que arrepiam, que doem e fazem doer mas tão bem ditas tão reais, que se acomodam tão bem à minha voz...
Um beijo grande.

3/27/2008  
Blogger Perla said...

Incrível como consegues colocar em palavras essa nuvem...
Amei!
Bjs

3/27/2008  
Blogger melgadoporto said...

“Porque choram os teus olhos? Diz…
Porque tens medo do mar?
Porque vives de ilusão e é fria a tua mão e dizes sempre não?...

O que foi que o mar levou de ti?...
Com que ondas te enganou,
Que esperança te roubou a angustia que rasgou?...”

Porque choram os teus olhos? Diz…”

3/27/2008  
Blogger Carol said...

Como me identifiquei com as tuas palavras! Um dia, senti-me assim completamente afogada num choro por amar a pessoa errada...

3/27/2008  
Blogger Blue Dreams said...

O sabor dos labios ainda se mantem na nossa boca, o olhar profundo ainda se mantem na nossa memoria, ainda se sente as maos percorrerem o nosso rosto e afagarem o nosso cabelo.
Custa tanto.
Mas temos que acreditar que um dia seremos felizes, que um dia iremos encontrar uma pessoa que nao nos faça mais chorar, tão somente porque nunca ira partir, irá para todo o sempre ficar a nosso lado, amar-nos como mereçemos.
Blue Kiss
P.S. - Envientei-te um convite para o meu blog, vê o teu email.

3/27/2008  
Blogger Joseph said...

Nuvem
Olá

Essa do ser difícil de agradar, não é bem assim. Tu fazes os poemas e eu é que posso dar várias interpretações....

E agora?
Se disse que o teu poema era uma pérola, como vou classificar este?

Maravilhoso!....
Este vai de alto a baixo a querermos que algo seja diferente, mas...choras...!

Fantástico, querida amiga.

Tentei dizer algo diferente..., pois são todos da mesma opinião.

Beijos ternos** com carinho;)

3/27/2008  
Blogger Carol Barcellos said...

Estás outras vez a publicar meus pensamentos sem autorização, hein? Olha lá, hein? Hahahahaha, brincadeirinha....
Noites mal dormidas embaladas ao som de lágrimas, ah, minha amiga, não há poema que descreva melhor. Mais um que vai para o meu diário, pq eu sei exatamente, e-xa-ta-men-te como é...

Beijinhos doces cristalizados!!! :o*

3/28/2008  
Blogger Maria Laura said...

Muita beleza nas palavras a par da tristeza patente. Mas um dia as lágrimas secam.

3/28/2008  
Blogger Reticências said...

Sinto estas palavras tão coladas a mim que as poderia ter escrito neste preciso momento… se tivesse o teu talento :)

Maravilhosa a forma como descreves o que é “Inconfessável,
Incontornável”…

3/28/2008  
Blogger LNeves said...

Acho que não há nada que te possa dizer que te vá fazer sentir melhor...

Mando-te um MUAH enorme e um abraço forte...

3/29/2008  
Blogger nuvem said...

Nuno tavares, fico muito lisonjeada. Obrigada :) Beijo

Edu, não sou fumadora... :) Beijos

Lídia amorim, um beijinho para ti :)

João, keep the good work :) Beijo

Blue velvet, as tuas palavras nunca perdem força por não serem as primeiras... :) Mil beijos

Donagata, mais uma vez, fico feliz por ter gostado tanto. Espero que a "plateia" que ouviu estas palavras declamadas pela sua voz, também tenha apreciado... Beijinhos

Perla, muito obrigada :) Beijinhos

Melgadoporto, veia poética? :) Obrigada pelas palavras, beijos para ti

Carol, espero que, com o tempo, o choro tenha dado lugar a belos sorrisos... Beijinhos

Blue dreams, obrigada pela visita e pelas palavras deixadas. Agradeço o convite, irei passar por lá. Beijos

Joseph, muito obrigada. Ainda bem que gostaste. Mil beijos para ti

Carol barcellos, tens razão, mas os pensamentos eram tão inspiradores que não resisti em publicar sem te pedir... :) Beijos, querida

Maria laura, obrigada pelas palavras. Mil beijos

Reticências, obrigada pela visita e pelo simpático comentário. Espero que voltes. Beijos

Ineves, um beijo para ti :)

3/30/2008  
Blogger Jacinta said...

Lendo-te, contemplo suas palavras, e suspiro...
ah! coração que é só sentimento e se enrola na sua própria armadilha...sentimentos.
Bjos
Jacinta

3/30/2008  
Blogger Francieli Hess said...

Explendidamente belo, rico em cada detalhe, palavra, frase. Escrito com amor e por (des)amor.

3/31/2008  
Blogger Romeu said...

Cuidado, há quem fique desidratado de tanto choro...

Boa semana

Kiss

3/31/2008  
Blogger nuvem said...

Jacinta, também eu me delicio com as suas palavras... Beijos

Francieli hess, muito obrigada pela visita e pelas gentis palavras deixadas. Espero ter-te por cá mais vezes. Beijos

Romeu, obrigada pela preocupação. Mas eu como sou uma pessoa preocupada com a saúde, bebo cerca de litro e meio de água por dia, não corro esse perigo :) Beijos

3/31/2008  
Blogger Edu said...

e quem disse que o vicio era o tabaco ,)
esse e bem facil de terminar

3/31/2008  
Blogger Adriano Caroso said...

Um belo poema. Como o nome sugere, veio lágrimas aos olhos. Muita sensibilidade e profundo. Parabéns!

4/01/2008  
Blogger MADRUGADA... said...

É assim em cima...!

descrição conveniente
para que tudo acabe,
sem sabermos porquê!

Sentimos um beijo
vindo do nada...
e pouco mais,

é a merda da universalidade
daquilo que somos
para sempre

neste triste acaso,
nesta premissa fundamental.

beijo

4/01/2008  
Blogger NeLiNhA said...

amei....pode ser um texto que na sua essência revela tristeza, mágoa e dor, mas não deixa de ser sublime!!!

4/01/2008  
Blogger Xisko the kid said...

em vão se pensa...
em vão choramos...
em vão oferecmos a nossa vida...
em vão ficamos á espera...
em vão choramos...
em vão oferecemos...
em vão esperamos...
em vão aqui estamos para ser felizes e não conseguimos...
será tudo em vão ?

4/01/2008  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Deixo te um bjinho e um abraço cheio de força.

4/01/2008  
Blogger Menina da lua said...

Nuvem plena que não passa!

Lindo blog ...

Abraço.

4/01/2008  
Anonymous Uma mulher said...

Um blog para ti, que és mulher.

http://ser-mulher.blogs.sapo.pt/

4/01/2008  
Blogger nuvem said...

Adriano caroso, muito obrigada :) Um beijo grande para ti

Madrugada... Sem mais palavras. Beijos para ti

Nelinha, as coisas tristes inspiram-me... :) Obrigada e mil beijos

Xisko the kid, eu acho que nada é em vão. Beijos

As velas ardem até ao fim, obrigada querida, mil beijos para ti :)

Menina da lua, obrigada pela visita e pelas simpáticas palavras :) Beijos e volta quando quiseres

Uma mulher, obrigada, vou passar por lá :) Beijo

4/02/2008  
Blogger MADRUGADA... said...

Sou um homem normal, que gosta de ler coisas que me despoletam vibrações.

E isso, tu fazes bem!

Beijo

4/02/2008  
Blogger cm said...

..força de sentir profundo

um abraço

4/02/2008  
Blogger tonsdeazul said...

Deixo-te um enorme abraço e um beijinho

4/02/2008  
Blogger nuvem said...

Madrugada, fico feliz por saber. Obrigada e beijinhos :)

Cm, só assim vale a pena... Beijos

Tonsdeazul, um beijinho para ti :)

4/03/2008  

Enviar um comentário

<< Home