quinta-feira, 13 de março de 2008

Oferece-me a lua embrulhada num pedaço de papel
















Oferece-me a lua embrulhada num pedaço de papel...
Bem sei que para isso tens que a roubar,
Mas eu juro, eu prometo nada contar!
Achas que peço demais?
Há quem te peça anéis
Carregados de diamantes e corais
E quem queira atar-te com cordéis
Para que não possas fugir mais...
Eu não quero nada disso.
Não me interessam coisas banais,

Coisas que toda a gente pode ter.
Quero algo só meu,

Que ninguém possa ver,
Invejar ou querer,
Algo que eu possa esconder,

Um segredo teu...
Quero a lua embrulhada num pedaço de papel.
Achas que pode ser?...


Imagem retirada de sulamita.linuxchix.org.br

30 Comments:

Blogger O Sussurrar do Corpo said...

Gostei a Lua embrulhada num pedaço de papel...beijo

3/13/2008  
Blogger Baraújo said...

lindo. excelente imagem. e um lindissimo posto.

posso dar-te um beijo entre as palmas das minhas maos como uma concha?

beijo terno.

3/13/2008  
Blogger Donagata said...

Lindo! De uma sensibilidade absolutamente contagiante.Quedar-me-ia a ler esta lua, pendurada nesta nuvem sem me cansar nunca...

3/13/2008  
Blogger Jacinta said...

Gostei do romantismo dos seus versos.
Pois se "o amor é fogo que arde sem se ver" é também único... roubando-se do outro no prazer que se recebe. É não é Um amor qualquer. É O AMOR

3/14/2008  
Blogger Alias said...

Já ofereci uma estrela, a lua ainda não.
Lindo o teu texto, simples e doce.
Beijo*

3/14/2008  
Blogger Carol Barcellos said...

Um presente incomum, que ninguém veja,que só os dois apaixonados saibam que existe...hmmm, pode ser bem romântico. Acho que eu tb gostaria da lua embrulhada num pedaço de papel, mas tinha que ser prateado e vir com um laço bem bonito, hahaha...
Lindo, Nuvem, lindo!!!

Beijinhos doces cristalizados!!! :o*

3/14/2008  
Blogger Ana said...

Querida nuvem,e que venha a lua embrulhada num pedaço de papel!

Beijinho doce,:)*

3/14/2008  
Blogger Fallen Angel said...

Intensamente belo... quase pungente... agridoce. *

3/14/2008  
Blogger Francis said...

Pode.
Mando entregar onde ?

3/14/2008  
Blogger Maria Laura said...

Belíssimo. Extremamente sentido. Um dos teus poemas de que mais gostei.

3/14/2008  
Blogger Xisko the kid said...

Eu dava, mas não posso.
Já não é minha.

3/14/2008  
Blogger Narrador said...

Se calhar a lua já é tua...

3/14/2008  
Blogger ContorNUS said...

lindíssimo... sem papel de embrulho as palavras pairam notívagas numa luz radiante

3/14/2008  
Blogger Pedro Branco said...

Talvez uma página em branco. Um regaço de palavras por adormecer. Uma tela segura onde os olhos se possam perder. Uma melodia pequenina dentro da ponta dos dedos pronta a explodir em tons de vermelho e paixão. Sim. Um pedaço de papel onde tudo se embrulha e desnuda na secreta sentinela do desejo. Pode ser que seja a lua. Pode ser. Nem interessa, pois não? Porque a folha de papel, afinal, não é mais do que o seguro toque das mãos dadas.

3/14/2008  
Blogger Lenin aka JR said...

Ofereço-te a Lua, embrulhada num pedaço de papel.
E não me importo de a roubar.
E apregoar, que a roubei para te dar.
Mas depois tinha que te dar o meu Sol para a iluminar.
Porque uma Lua escura não será algo com que queiras ficar...

Beijos,
João

3/14/2008  
Blogger Bloguemate said...

Com palavras tão bonitas, não pedes nada demais, recebe a lua embrulhada antes que seja tarde demais.

3/14/2008  
Blogger PavlovDoorman said...

E se for em papiro?
Sempre é mais resistente, é que a Lua é menina para pesar um pouco...

Beijinho Menina Utzi

3/15/2008  
Anonymous lapa said...

só em ti, simplesmente em ti. ok?

3/15/2008  
Blogger Karina said...

Acho que não é tão difícil assim, e nem pedir de mais.
Mais um lindo texto, entre tantos outros que me enchem os olhos.
Bom final de semana, querida!
Bjinhos

3/15/2008  
Blogger Annerita said...

Foi por isso... Ontem à noite, no céu, o que flutuava, lado a lado com as estrelas, era o bombom que cedeu o papel para embrulhar a lua que fizeram presente seu...Tivemos a madrugada morena de chocolate... Vais ter que retribuir ofertando a sua nuvem, colocar um algodão-doce no lugar, e assim as chuvas serão gotas de mel.
Um encanto, como todos os seus poemas.Beijos brasileiros.

3/15/2008  
Blogger NeLiNhA said...

adorei....muito simples e realista, pois é isso que todos queremos, algo só nosso...

3/15/2008  
Blogger fatima pb said...

Achei LINDO!

um beijo e muitos parabens

3/16/2008  
Blogger Carol said...

Achei lindo de morrer!

3/16/2008  
Blogger nuvem said...

O sussurrar do corpo, obrigada pela visita e pelo comentário deixado. Espero que voltes. Beijo

Baraújo, obrigada. Beijo

Donagata, sempre gentil nas palavras e nos gestos. Obrigada... Beijinhos

Jacinta, ainda bem que gostou. Obrigada e mil beijos

Alias, uma estrela também não é uma prenda de se deitar fora! :) Beijos

Carol, eu dispenso os laços e os papéis prateados... A lua chega mesmo, sou uma rapariga simples hehehe :) Beijinhos, linda

Ana, antes viesse... :) Beijinhos, querida

Fallen angel, muito obrigada. Beijos

Francis, estas coisas não se mandam entregar pá, entregam-se em mão mesmo... Tenho que ensinar tudo... Beijo :)

Maria laura, ainda bem, querida :) Fico feliz por teres gostado tanto. Beijinhos

Xisko the kid, davas nada, mentiroso. Mas ficou-te bem dizer :) Beijo

Narrador, achas? Só se ma deixaram escondida num bolso e eu ainda não a encontrei... Beijo

Contornus... Leste-me o pensamento para além das palavras. Beijinhos

Pedro branco, exactamente... Beijo

João, isso é que foi uma "contra-poesia" :) Beijos

Bloguemate, às vezes os pedidos que parecem mais complicados, são na verdade os mais simples de realizar... :) Beijo

Pav, também poderia ser. Mas esta lua que peço, não pesa tanto assim... Beijo :)

Lapa, obrigada pela visita, espero que seja a primeira de muitas mais. Beijo

Karina, eu também acho... Obrigada e mil beijos para ti :)

Annerita, que doçura as palavras que me deixou... Adorei. Obrigada e mil beijos

Nelinha, obrigada :) Beijinhos para ti

Fátima, ainda bem que gostaste :) Obrigada e mil beijos

3/16/2008  
Blogger Joseph said...

Olá,

Bi...BiBi...Bi...BiBi...Bi...BiBi...Bi...
BiBiBiBi SAI DA FREEEEEEEEEENTE, SAI DA FRENTE!!!
QUE HOJE EU AINDA TENHO QUE PASSAR, POR ALGUNS BLOGS...Bi! Bi! Bi!
--- ______
---/__] .\\\\____
--/…._.|….|…._.o\\
-=’(@)------(@)-´
*****************************************

TÔ PASSANDO BEM RAPIDINHO COM MEU FERRARI
PARA DESEJAR UMA BOA SEMANA !!!!!!!!!!!!!!

Beijinhos;)**

(Espero voltar amanhã)

3/16/2008  
Blogger nuvem said...

Carol, perdão, só vi e publiquei o teu comentário depois de escrever o meu :) Obrigada! Mil beijos

3/16/2008  
Blogger nuvem said...

Joseph, não reconheço esse modelo da Ferrari... :D Beijos, boa semana!

3/16/2008  
Blogger Nuno Tavares said...

Simplesmente a coisa mais linda que escreveste até hoje... ta perfeito! Beijinho

3/17/2008  
Blogger nuvem said...

Nuno, obrigada :) Beijinhos

3/18/2008  
Blogger cm said...

papel feito pele de um brilho ardente

3/26/2008  

Enviar um comentário

<< Home