terça-feira, 8 de abril de 2008

Este poema


Este poema,
Não o escrevo no papel.
Escrevo-o com os meus lábios,
Beijando em flor a tua pele.



Imagem retirada de http://morethanwords-ana.blogspot.com/

37 Comments:

Blogger Perla said...

Os poemas que se escrevem na pele são os que têm mais métrica...

4/08/2008  
Blogger Sandro said...

O melhor poema é esse... escrito pelo rasto de um beijo...

4/08/2008  
Blogger Xisko the kid said...

escrever, gravar e no fim abandoná-lo.
não esquecem de certeza.

4/08/2008  
Blogger nuvem said...

Perla, concordo contigo... E também os que jamais de apagam ou se esquecem. Beijo

Sandro, é verdade. Beijo

Xisko... Infelizmente também acontece... Mas aquilo que se escreveu não perde a beleza por isso, antes pelo contrário, ganha um contorno diferente, mas, na minha opinião, igualmente belo. Beijo

4/08/2008  
Blogger mitro said...

É um poema lindíssimo!

4/08/2008  
Blogger nuvem said...

Mitro, obrigada :) Beijo

4/08/2008  
Blogger Romeu said...

Um simple beijo pode esconder um sentimento à flor da pele. Além disso é a melhor cura para as nódoas negras sentimentais...

Boa semana

4/08/2008  
Blogger Brain said...

Belíssima forma de escrita!

O Beijo.
Aquele:
Meu.

4/08/2008  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Queria escrever um poema assim..

bjo Nuvem

4/08/2008  
Blogger Joseph said...

Nuvem
Olá

Por causa do tempo, o meu comentário, ontem, saiu sem imagem.

Adorei o conjunto que postaste.

Uma foto linda
Uma quadra mais linda.

Sem dúvida. Os poemas escritos com base na realidade, em que os corpos entrelaçados não precisam de palavras, são os mais belos e perdurarão para sempre nos armários da nossa vida...
Se forem boas recordações.

Beijinhos ternos;)**

4/08/2008  
Blogger antonio said...

Um poema é um momneto mágico à flor da pele, registado em papel. Os lábios são escrita que se partilha em intimidade.

4/08/2008  
Blogger Alias said...

Lindo!
Tanta sedução em tão poucas linhas.

Mas que lábios serão esses,
os teus.
Que beijam em flor estes sentidos,
meus.

Beijos

4/08/2008  
Blogger Vieira Calado said...

E é bem feito!

4/09/2008  
Blogger Carol Barcellos said...

Eu queria muito escrever um poema destes, mas o dono de certa "pele" fugiu. Será que ele achou que ia doer? Hahahaha....
Bobagem, está doendo agora, e muito mais em mim do que nele. Fica a vontade, e a oportunidade de realizar, o tempo me dará, ou não.

Beijos doces cristalizados!!! :o*

4/09/2008  
Blogger Baraújo said...

que belo poema...

vendo pelo prisma da ecologia!

não se abatem árvores para fazer o papel
não se produzem químicos para fazer a tinta para escrever
não se gasta qualquer energia que não seja criada por nós mesmos...

resultado final:
muito mais agradável
muito mais atraente
sempre uma página aberta para novos poemas...
nunca se sabe onde começam nem onde terminam...
podem ser escritos de várias formas em vários lugares...

hmmmm...

"Sou um livro aberto à espera de ser escrito pela chama ardente do teu beijo"

beijo terno

4/09/2008  
Blogger Marta Ribeiro said...

☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆
Vim te desejar um bom resto de dia...e dizer que mais uma vez gostei do que aqui li...parabéns
☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆*´¨`*☆.¸¸.☆

4/09/2008  
Blogger NM said...

Muito bom post.
Um grande beijinho.

http://krigsmjod.blogspot.com

4/09/2008  
Blogger Mário Franco said...

O BEIJO É A ESSÊNCIA HÚMIDA DO AMOR

4/09/2008  
Blogger Donagata said...

Mais duas extraordinárias gotas, que sorvo sôfrega. Gotas que deixam marca do fogo que as gravou em si, linda nuvem.
um beijo.

4/09/2008  
Blogger tonsdeazul said...

Então ficarão gravados nele!
E assim não ficarão esquecidos num pedaço de papel...

4/10/2008  
Blogger Reticências said...

Quero tanto um desses poemas...

Lindo!

4/10/2008  
Blogger anamoris said...

Tão simples e tão bonito.
Beijos

4/10/2008  
Blogger Karina said...

Às vezes, bem...na maioria das vezes, gestos valem mais do que mil palavras, seja elas faladas, escritas ou não.
Lindo poema, querida!
Como sempre os são.
Bjinhos

4/11/2008  
Blogger NeLiNhA said...

deveria ser sempre assim :) kiss

4/11/2008  
Blogger melgadoporto said...

Sabes que és especial na tua escrita.
Cada palavra é um instrumento de uma orquestra.
Serenas cordas de violinos.
Audíveis acordes de metais.
Rufar profundo de tambores.
Por isso acredito, que alguns nunca o papel conhecerão!
:-)

4/11/2008  
Blogger nuvem said...

Romeu, apelidas, pois, de simples, um beijo que pretende ser um poema... Esta bem... :) Beijinhos

Brain, ainda bem que apreciaste. Obrigada e um beijo para ti :)

As velas ardem até ao fim, tu não precisas de escrever um poema assim, porque aqueles que escreves são belíssimos :) Mil beijos

Joseph, obrigada, fico feliz que tenhas gostado. Beijinhos

Antonio, bonitas palavras. Obrigada. Beijo

Alias, aprecio muito os comentários em forma de poema. Gostei :) Beijinhos

Vieira calado, para não se meter noutra! Obrigada pela simpática visita. Um beijo

Carol barcellos, fugiu? Talvez você fosse areia a mais para a camioneta dele! eheheheh Beijinhos

Baraújo, isso dava uma boa publicidade ao meu poema! Gostei :) Beijinhos

Marta ribeiro, obrigada :) Mil beijos para ti

Nm, obrigada :) Beijos

Mário franco, é isso e muito mais. Beijos

Donagata, ainda bem que gostou. Mil beijos

Tonsdeazul... :) Beijinhos querida

Reticências, espero que venhas a tê-lo um dia. Beijinhos

Anamoris, gosto tanto de te ver por aqui :) Mil beijinhos para ti

Karina, penso que cada forma de cristalização do amor tem a sua beleza única e insubstituível... Beijinhos

Nelinha, beijinhos para ti :)

Melgadoporto, mas que lindo comentário... Muito obrigada, mesmo. Mil beijos

4/11/2008  
Blogger Bloguemate said...

Como deve ser bom um beijo em flor...assim

4/12/2008  
Blogger Mr.Blonde said...

Olá. Já cá devia ter vindo tanto porque devia (!!!) tanto porque me premiaste novamente com uma nuvem de prémios. Agradeço e retribuo com todo o carinho que me escreves sempre. Obrigado.

Gostei bastante deste post. Para quê dizer obras completas, se uma quadra diz tudo!

BJS e bom fim de semana

4/12/2008  
Blogger MADRUGADA... said...

É por isso
que o lume rompe
os lábios

e o amor
é enrolado no escuro
das nossas feições

Beijo,
Utzi

4/12/2008  
Blogger Walter said...

As tuas palavras dão um colorido especial à tua nuvem...peço permissão para voltar mais vezes!Se quiseres recebo não na minha nuvem, mas nos meus tons de vermelho!
walter

4/13/2008  
Blogger Blue Velvet said...

Como consegues tu escrever em 4 linhas, aquilo que nós sentimos quando amamos?
Ah, já me esquecia: é talento mesmo.
Bom domingo e beijinhos e veludinhos

4/13/2008  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Um bjinho e boa semana

4/14/2008  
Blogger nuvem said...

Bloguemate... :) Beijos para ti

Mr.blonde, o que importa é que venhas e gostes do que aqui encontras, seja lá quando for. Quanto aos prémios, são merecidos :) Beijinhos

Madrugada, sempre poético :) Beijinhos

Walter, volta sempre que queiras, é um prazer ter-te por cá. Também li alguns dos teus textos e gostei muito. Parabéns :) Beijos

Blue velvet, eu não sei o que fiz para merecer tanto carinho... Um beijo arrancado do fundo do coração para ti :)

As velas ardem até ao fim, mil beijos para ti e uma excelente semana :)

4/14/2008  
Blogger Maria João said...

Sempre cheia de palavras lindas! Beijinhos doce poetisa!

4/15/2008  
Blogger nuvem said...

Maria joão, obrigada :D Beijinhos

4/15/2008  
Blogger Oliver Pickwick said...

Escrito com os lábios. Desconfiei do toque macio da escrita.
Um beijo!

4/17/2008  
Blogger nuvem said...

Oliver, sempre delicado na escolha das palavras... :) Obrigada, um beijo para ti

4/17/2008  

Enviar um comentário

<< Home