quarta-feira, 21 de maio de 2008

Inteira


Rasguei-te o corpo
E entrei.
Entrei inteira em ti.

Fechei-te o corpo
E lá fiquei.
Sou o coração que eu mesma flori.


Imagem retirada de www.neurochrome.com

25 Comments:

Blogger Margarida said...

Simples, mas profundo! As palavras certas!
beijinho

5/21/2008  
Blogger NeLiNhA said...

entrega de corpo e alma :)

5/21/2008  
Blogger Joseph said...

Nuvem
Olá

Não é justo, para nós comentadores, postar um poema ainda mais bonito que o anterior.

Não tenho palavras.
FANTÁSTICO!
Como numa poesia tão pequena, se faz um poema tão grandioso!

Beijinhos de carinho;)**

5/21/2008  
Anonymous Anónimo said...

Deixa-me q te diga q Nunca tive o Coraçao tao bem tratado ...
Adoro q sejas tu a tratar do meu Coraçao !...

Bjo doce Cheio de Saudade !!!

5/21/2008  
Blogger fatima pb said...

O meu comentário, repete as palavras do joseph.., nao sei que diga mais.

ainda por cima, escolheste a minha flor preferida! Na verdade, acho que nao podias escolher outra para este poema.

um beijo grande! se um dia publicares os teus poemas em livro, eu compro.

:)

5/21/2008  
Blogger não brinques com o fogo said...

N deixes de visitar e de comentar o meu blog.

;)

5/21/2008  
Blogger Walter said...

A singeleza e a simplicidade caminham de mão dada com a majestade do sentimento. Acredita que me deixaste a pensar e sobretudo a pensar no que ando a perder quando fecho portas ao sentimento bonito que demonstras.
Beijo grande e bom feriado
walter

5/21/2008  
Blogger Baraújo said...

simplesmente profundo...

beijo terno

5/21/2008  
Blogger antonio said...

Existe outra forma de florescer?

5/22/2008  
Blogger Perla said...

Muito bom quando podemos ser coração de alguém!

5/22/2008  
Blogger Carol Barcellos said...

Atingimos o clímax dos sentimentos quando entramos inteiras em alguém e fechamos a porta atrás de nós, exigindo a exclusividade, e principalmente, a reciprocidade. Passos diretos para a cumplicidade...é tão bom poder sentir-se assim, amada, completa, extasiada com o amor! É reamente uma pena quando tudo isso vem apenas de um lado...então, curta todo esse sentimento por mim, e continue escrevendo assim, tão lindo!!!
Beijinhos doces cristalizados, e um excelente fim de semana, cheio de sinceridade da entrega de um coração! :o*

5/23/2008  
Blogger Sam said...

è tão bom bater em outro coração...

Bjos!!!

5/23/2008  
Blogger Donagata said...

Hummm! Tão aparentemente singelo e que bombom!
Não cessa de me deleitar. Já não é uma surpresa, confesso, mas é sempre um prazer supremo.
Um beijo grande grande.

5/23/2008  
Blogger Edu said...

Não regues...deixa que chova...deixa florir naturalmente ,)
kiss

5/23/2008  
Blogger LNeves said...

O poema está muito bonito Nuvem... Mas tens que sair dessa... :/

***MUAH***

5/23/2008  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Simplsmente a flor mais bela!

um bjo

5/23/2008  
Blogger JOICE WORM said...

Um espectáculo de simplicidade e profundidade...

5/23/2008  
Blogger BlueVelvet said...

Que linda imagem.
Adoro jarros.
Não se vêem muito, mas fazem decorações lindas e clean.
Como clean foi o que escreveste.
Embora com uma força tremenda.
ok, já que me vou repetir, mas gostei muito:)))
Beijinhos e bom fim-de-semana

5/23/2008  
Blogger Vanessinha said...

Adorei este espacinho. As tuas palavrinhas são tão bonitas.


Vou adicionar aos meus favoritos.

5/24/2008  
Blogger OUTONO said...

Há uma intensidade...preocupante?!
Reli o poema, e noto uma mensagem que não queres revelar.

Mas a narrativa é muito boa. Apelativa.

Beijinho.

5/24/2008  
Blogger Mr.Blonde said...

Shame on me! Eu que devia comentar o teu blog todos os dias! Mas sempre que cá venho leio mais um pouco da tua alma. Gosto sempre!

Foto Perfeita! Texto Majestoso!

Parabéns**!

5/25/2008  
Blogger miak said...

Às vezes precisamos mesmo de rasgar para conseguir...

5/25/2008  
Blogger tonsdeazul said...

Simples palavras que tocaram-me bem cá dentro!
Um beijinho

5/26/2008  
Blogger nuvem said...

Obrigada a todos, aos que que já são leitores habituais deste espaço e aos que aqui pousaram as asas pela primeira vez.

Beijos meus

5/26/2008  
Blogger Oliver Pickwick said...

Criativo, muito criativo. Anda com a inspiração muito acima das nuvens. ;)
Um beijo!

5/28/2008  

Enviar um comentário

<< Home