sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Em silêncio


Em silêncio,
Oiço apenas o mar,
Que chora o que eu já não sei chorar.

23 Comments:

Blogger Francis said...

Às vezes sabe bem.

10/03/2008  
Blogger PavlovDoorman said...

Menina Utzi lembre-se de tudo o que é, e nunca naquilo que a tornam...

Beijinho

P.s. faça como o outro dos bonecos "a mim ninguém me cala..."

10/03/2008  
Blogger Karina said...

Curto e eficiente, Nuvem.
Me fez lembrar de tanta coisa...Acho que todo mundo, em algum momento da vida, já chorou mares de lágrimas, não?!
Beijinhos e um ótimo fds pra tí^^

10/03/2008  
Blogger Quase Trinta said...

Nossa em poucas palavras vc foi brilhante

10/03/2008  
Blogger Paulo said...

e acabou salgado...

10/04/2008  
Blogger Carol Barcellos said...

Esse poema é tão teu...e quando leio, acho-o tão meu...
Estou precisamente nessa fase de não saber mais o que é chorar, e apenas observar o que acontece.
A imagem é linda, uma perfeita continuação do poema!

Beijocas doces cristalizadas!!! :o*

10/04/2008  
Blogger rjl said...

:*

10/04/2008  
Blogger Sonho & Sedução said...

Traduziu bem os sentimentos em poucas palavras... lindo !!!

BEIJO COM CARINHO

10/05/2008  
Blogger Carol said...

Tão simples e tão profundo... E que bem que texto e imagem se complementam.

10/05/2008  
Blogger Edu said...

Tras tambem esse mar ventos carregados de um cheiro ja ido ?????? Um sal de lagrimas ja secas????
bju

10/06/2008  
Blogger Reticências said...

Há fases assim...
secas de tudo,
até de nós...

como dói...

beijinho

10/06/2008  
Blogger BlueVelvet said...

Difícil dizer tanto em tão poucas palavras.
Tem que se amar o mar apaixonadamente e escrever como tu.
Beijinhos, linda

10/07/2008  
Blogger anamoris said...

Estou como tu, as minha lágrimas secaram não de Amor, mas de preocupações da vida.
Antes uma paixão
Beijos

10/07/2008  
Blogger Maria João said...

O mar... o mais bonito dos poemas! Beijinhos doce poetisa

10/07/2008  
Blogger Sandro said...

Tenho momentos em que o silêncio e uma paisagem assim são as minhas melhores companhias...

Beijo bom

10/08/2008  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

o silêncio do mar sabe bem...

bjo

10/08/2008  
Blogger Karina said...

Oi, Nuvem!
Intimei vc à participar de um MEME lá no meu blog, ok?!
Bjos, querida!

10/08/2008  
Blogger OUTONO said...

O mar... sempre o mar.

Quantas vezes o procuro, quantas vezes o oiço....e até discordo dele insensatamente...

Beijinho.

Nota: gostei da imagem!

10/08/2008  
Blogger Daniel Sopas said...

o mar acalma-nos, transparece para nós sempre uma calma, uma paz, e por vezes trazem nos memórias que trazem a lágrima atrás.

10/09/2008  
Blogger O Profeta said...

Atravesso o céu em sonhos
Três aves do mar, três raios de sol, três punhais
Seguem-me apontados à solidão
Ah este vento que sopra nos brandais


Vem partilhar comigo uma história real


Mágico beijo

10/09/2008  
Blogger Carlos Ramos said...

Belissimo, acho que entre outras coisas fizeste uma bela homenagem à Sophia.

Parabens Nuvem

10/11/2008  
Blogger "Connect1on" said...

olá nuvem!
tanta verdade em tão poucas palavras!
Delicio-me sempre com o que escreves!
Este tocou-me particularmente, talvez por ser madeirense, e ter com o mar uma relação quase familiar!
É indiscutivelmente o meu maior refugio, uma companhia permanente, que me tranquiliza. É muitas vezes olhando para aquela imensidade de agua que vejo as minhas inquietações se tornarem insignificantes!
obrigado por brincares com as letras de forma tão brilhante!
beijinho da sininho*

10/12/2008  
Blogger nuvem said...

Obrigada a todos pelas palavras que vão deixando.

Lamento a minha falta de tempo para visitar os vossos espaços e também para responder individualmente aos vossos comentários, mas saibam que os leio sempre e que representam muito para mim...

Beijos a todos

10/14/2008  

Enviar um comentário

<< Home