sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Se um dia


Se um dia quiseres dizer-me adeus,
Diz-mo com a palavra amo-te
.

Eu saberei ouvir a despedida na tua voz.


Imagem retirada de olhares.aeiou.pt

28 Comments:

Anonymous freak said...

Lindo...tão poucas palavras, mas dizem todo...parabéns mais uma vez por esse teu Dom

10/17/2008  
Blogger eva said...

Tmbém gostaria de deixar aqui os meus parabéns à autora :)
Poemas e textos lindos :)

10/17/2008  
Blogger Poetic GIRL - BELA said...

Adorei este teu "cantinho"... prometo voltar mais vezes... continua o bom trabalho.

10/17/2008  
Blogger Maria João said...

Nem sempre aquilo que se diz é o que mais conta... eu valorizo muito mais como brincam as palavras! :)

10/17/2008  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

Tu és uma poetisa!

um bjo

10/17/2008  
Blogger antonio - o implume said...

Sim. Não o fazemos a toda a hora?

10/17/2008  
Blogger Karina said...

Ai, diferente de todos que comentaram até agora eu achei triste esse post.
Mas que tem uma intensidade...Ah, isso tem.
Bjinhos, Nuvem.

10/17/2008  
Blogger IandU said...

Parabéns! O som é mesmo outro*

10/17/2008  
Blogger BlueVelvet said...

As voltas que dás para sirem sempre coisas originais e lindas.
Mas tens razão.
Indiferente do que se diz, percebe-se a despedida no tom de voz.
Beijinhos linda

Ps: a minha imagem num chega:(

10/17/2008  
Blogger OUTONO said...

Nunca se diz adeus, com amor.

Diz-se, até já amor!

Beijinho.

10/17/2008  
Blogger Carol Barcellos said...

É verdade, Nuvem, sabemos reconhecer muito bem na voz uma despedida. E ainda que ele nada dissesse, a despedida seria reconhecível pelos olhos...

Beijinhos doces cristalizadas, e um maravilhoso fim de semana!!! ;o)

10/18/2008  
Blogger Cláudia said...

Com estas tuas palavras é possível encontrar beleza numa despedida.

***

10/18/2008  
Blogger rjl said...

:)

*

10/20/2008  
Blogger melgadoporto said...

Quem amou e foi amado jamais esquece.
Por muito que queira!
Concordo com “amo-te” e não adeus.
Sabemos e sentimos e isso já dói.
Para que acrescentar o peso das palavras.
:-)

10/20/2008  
Blogger fatima pb said...

Não sei bem o que dizer, eu sou das que nao aceitam as despedidas.
Concordo com o comentario do outono.


Beijinhos, para ti!!

10/20/2008  
Blogger Putty Cat said...

Isso Cheira-me a despedida que pede regresso :)

São as melhores!


Beijos linda!

10/20/2008  
Blogger Baraújo said...

com amo-te... um adeus??? hmm.... será ilusão???

um adeus com amor... é difícil... mto difícil e só possível se o outro lado não amasse.. e quem ama... para libertar e tornar feliz a pessoa que ama... passo muito dificil... outras formas me surgem mas dava para um enorme debate...

o q importa salienter... é q acima de tudo... como sempre, em poucas palavras consegues ser imensamente profunda... adoro isso em ti!

beijo terno

10/20/2008  
Blogger Donagata said...

De uma simplicidade tão complexa que pede algo tão difícil...

Lindo.

10/20/2008  
Blogger Oliver Pickwick said...

Incompreensível para o meu cartesianismo, mas nem por isso deixa de ser um lindo poema. E, aqui entre nós, cara Nuvem, nenhum poeta se importa com cartesianismo. A lógica extinguiria a poesia.
Um beijo!

10/21/2008  
Blogger Edu said...

Tenho as palavras presas , despeço.me entao num olhar frio que espero que nao vejas e o sintas na nuca.
Muito bom este teu pensamento
kiss

10/21/2008  
Blogger Carlos Ramos said...

Brilhante..."Love Will Tear Us Apart"

Tens um pequeno presente lá no meu canto.

Bj.

10/21/2008  
Blogger Pedro Branco said...

Será?

10/22/2008  
Blogger Carol said...

Esse amo-te soaria a mentira. A despedida, essa, é indisfarçável. Está no olhar.

10/22/2008  
Blogger Nelson Soares said...

Desnecessário comentar.... Fantástico.

10/22/2008  
Blogger Romeu said...

A tua poesia é de uma inebriante simplicidade e sedução.
A continuares a escrever assim, espero nunca ter de dizer adeus, mas sim até amanhã.

10/22/2008  
Blogger nuvem said...

Mais uma vez, obrigada a todos.

É sempre um enorme privilégio ter a vossa companhia nesta nuvem...

Beijos

10/23/2008  
Blogger Maria said...

E se nos confundirmos?

10/28/2008  
Anonymous Anónimo said...

A gaja da foto tem estrias...

10/29/2008  

Enviar um comentário

<< Home