terça-feira, 10 de março de 2009

Confissão


Porque antes dos teus lábios
As palavras eram apenas palavras,

A ausência era apenas dolorosa,

E a dor era menos que nada...


Porque antes da tua pele

Os meus dedos não sabiam chorar...


Todos os poemas de amor foram escritos para ti.



Imagem encontrada algures na net

10 Comments:

Blogger LORENZO MONSANTO said...

E agora?

Todos os poemas foram escritos para ti...
Nada sobrou?

3/10/2009  
Blogger antonio - o implume said...

Nenhuma dor será suficientemente forte para receber todos os peomas de amor.

3/10/2009  
Blogger nuvem said...

Lorenzo, há sempre poemas por escrever...

António - o implume, se nos guiássemos sempre pela lógica e sensatez das ideias, não poderíamos escrever poesia...

3/10/2009  
Blogger Donagata said...

Adorei que os seus dedos soubessem chorar! É que que achava-me estranha quando pensava que, por vezes, as minhas mãos choravam...

Beijos

3/11/2009  
Blogger nuvem said...

Donagata, talvez sejamos mesmo pessoas estranhas... Muitos beijinhos

3/11/2009  
Blogger anamoris said...

Muitas metáforas bonitas.
Beijos

3/11/2009  
Blogger nuvem said...

Anamoris, gosto tanto de te ver por aqui :) Beijinhos e obrigada

3/11/2009  
Blogger bARAUJO said...

bons ou maus... no sentido do que se sente... há sempre um destinatário! espero que o teu tenha lido...

gostava que os meus pudessem ler!

beijo terno

3/12/2009  
Blogger Amor amor said...

Ai, que lindo, Nuvem! Pois é, eu também tenho um muso, hehehe...

Beijocas doces cristalizadas, e um ótimo fim de semana; sim, amanhã já é sexta, eeeeee!!! ;o)

3/13/2009  
Blogger nuvem said...

bARAUJO, por vezes os destinatários das nossas palavras nem sequer chegam a entendê-las, ainda que as leiam... Isso é que é realmente triste. Um beijo para ti

Amor amor, um beijo grande e um bom fim de semana também para ti e para o teu muso :)

3/13/2009  

Enviar um comentário

<< Home