segunda-feira, 23 de março de 2009

Tempo

















O sol canta-me todos os dias uma canção que não conheço...
No céu, as andorinhas deixam marcas de um bater de asas,
E eu, vejo nelas tudo aquilo que já vivi e que não esqueço...


Imagem retirada de http://olhares.aeiou.pt

9 Comments:

Blogger antonio - o implume said...

As memórias são marcas tão indeléveis como o bater de umas asas...

3/23/2009  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

as nossas memórias ninguem as tira!
ao menos isso.
um bjo

3/23/2009  
Blogger orkide@ said...

É bom não esqecermos. É bom lembrar mesmo aquilo que nos fere a Alma e não podemos (ou melhor, não queremos) esquecer... É sinal que estamos vivas!!!! As lembranças fazem parte de nós e daquilo que nós somos.

3/23/2009  
Blogger PavlovDoorman said...

Para tudo há solução Menina Utzi.

Ao olhar para as Andorinhas não olhe para as suas asas, mas para os seus bicos, que trazem sementes de esperança na Primavera de todos nós.

Beijinho

3/23/2009  
Blogger Flor said...

memórias lembradas e trazidas pelas asas d andorinhas...o bater das asas igual ao bater do coração para recordar...
beijinhos

3/24/2009  
Blogger just me, an ordinary girl said...

Este post e o anterir, gostei tanto. gosto tanto do que escreves, vai direitinho áquela parte intima de mim que cada vez mais está escondida de todos e e resguardade de tudo.

Um beijinho para ti, e mais uma vez, os meus parabens!

3/24/2009  
Blogger Amor amor said...

No dia em que reconheceres a canção do sol, esquecerás as marcas das asas...

Beijinhos doces cristalizados!!! ;o*

3/25/2009  
Blogger Mr.Blonde said...

Oláaa!! A quanto tempo.... eu sou sempre a mesma coisa...venho...depois desapareço... Mas eu cá estou! Com novo post e tudo! A ver se agora escrevo com mais frequência!!

Passa por lá! BJS**

3/26/2009  
Blogger nuvem said...

Beijinhos a todos e obrigada pelas palavras que aqui vão deixando... :)

3/26/2009  

Enviar um comentário

<< Home