domingo, 12 de abril de 2009

Claridade

















E a noite encheu-se de luz nas tuas mãos.

E do silêncio incandescente

Dos teus dedos nos meus enlaçados,

Nasceram sonhos nunca antes sonhados,

E a lua fez-se sol poente...


Imagem retirada de http://olhares.aeiou.pt

10 Comments:

Blogger PavlovDoorman said...

Bom vê-la escrever sobre Luz.

Beijinho

4/12/2009  
Blogger Donagata said...

É a nuvem a querer entrar na primavera...

4/12/2009  
Blogger Joseph said...

R.,
OLá

Não estou diferente... Há agora duas opções....

Ora vê lá.

"E a noite encheu-se de luz nas tuas mãos."

Assim não dá. É cada tirada mais poética que a outra.
Poema muito positivo, como eu gosto, e imagem entrelaçada a condizer.
Claro, gostei muito.

Beijinhos doces***

4/13/2009  
Blogger nuvem said...

Pav, obrigada pela força, hoje e todos os dias :) Beijos

Donagata, eu querer bem quero, ela é que anda a fugir de toda a gente! Muitos beijinhos

Joseph, sim, eu percebi que agora tens dupla identidade, és meio agente secreto, mas sem seres secreto! :) Olha, de uma forma ou de outra, gosto de te ver por cá. Beijinhos

4/14/2009  
Blogger eu, do alto do meu salto said...

Eu não disse que a escuridão logo logo ia dar lugar à claridade? :)
Aproveita!

Beijos uinda

4/14/2009  
Blogger Brain said...

Porque no toque dos dedos,
Surge a luz de muitas noites,
Em que não há lugares a sonhos,
Apenas à incandescência,
Do Momento!

Fantástico!
Como sempre!

Aquele beijo Meu.

4/14/2009  
Blogger Melga van Porto said...

Entrava no meu quarto e dizia:
- Oh! filho levanta-me esse estore
- Deixa a claridade entrar!
Nem sempre me apetecia.
Deixar entrar a claridade.
E despertar…
Dizia:
- Mais um pouco mãe… mais um pouco!
:-)

4/14/2009  
Blogger nuvem said...

Amiga de saltos altos, pois, eu sou bem mandadinha, já sabes :p Mil beijinhos fofinhos para ti :)

Brain, sempre bom ter as tuas palavras de agrado e incentivo :) Obrigada e um beijo

Melga van Porto, essa claridade também me custa 5 dias por semana, ainda hoje... Só que agora em vez da voz doce da mãe, tenho um despertador! Beijos

4/15/2009  
Blogger Amor amor said...

Eu queria mesmo que o sol poente durasse muito mais, que tivesse a duração de uma lua crescente...
Lindo, lindo, lindo!!!

Beijinhos doces cristalizados!!! ;o*

4/19/2009  
Blogger BlueVelvet said...

E assim se escreve um pôr-do-sol magnífico.
Muitos beijinhos e desculpa as ausências.

4/21/2009  

Enviar um comentário

<< Home