segunda-feira, 18 de maio de 2009

Rescaldo

















Hoje, as letras são cinzas.
As metáforas inflamaram
as palavras que não te disse
e que me consumiram o ar.

Já não há rimas.

Já não há versos.

Há um vazio sem poesia,

onde só vejo o teu rosto, indefinido,

por entre o fumo do que ardeu.

17 Comments:

Blogger LORENZO MONSANTO said...

E as cinzas de tudo o morreu...

5/18/2009  
Anonymous Anónimo said...

Um poema triste, mas como sempre muito bonito... és muito talentosa! beijinhos

5/18/2009  
Blogger nuvem said...

Lorenzo Monsanto, mesmo em terra ardida, a vida volta a nascer um dia... :) Beijos

Anónimo, obrigada :) Beijos também para ti.

5/18/2009  
Blogger uwga said...

Não procures a força e a confiança fora de ti, elas vêm de dentro.
Sempre lá estiveram.

5/18/2009  
Blogger Donagata said...

E das cinzas renascerá a fénix, mais bela que nunca...

Beijos.

5/18/2009  
Blogger nuvem said...

Uwga, obrigada pela visita (penso que a primeira) e pelo comentário deixado.

Donagata, que renascerá é certo, bela é que já não sei hehehe :) Beijinhos

5/19/2009  
Blogger anamoris said...

A Poesia nunca morre em ti.
Beijos

5/19/2009  
Blogger as velas ardem ate ao fim said...

como as velas....

um bjo

5/19/2009  
Blogger susana said...

Tristito... tristito... todos nós temos rescaldos.

5/20/2009  
Blogger Putty Cat said...

apropriado, de facto, ao meu estado de espírito.


beijos

5/20/2009  
Blogger nuvem said...

Anamoris, obrigada pelas tuas ternas palavras... Mil beijos

As velas ardem até ao fim, como as velas... :) Beijos

Susana, sem dúvida. Mil beijinhos, amiga :)

Putty Cat, nós andamos muitas vezes em sintonia, não é? :) Beijinhos

5/20/2009  
Blogger Walter said...

Não sei como deixei passar tanto tempo até regressar à tua nuvem...mas este regresso com este post parece uma estranha coincidência. As tuas palavras parece que me traduziram.
um bj enorme
walter

5/20/2009  
Blogger pin gente said...

e assim ficou circunscrita a chama da palavra amar.

beijinhos

5/20/2009  
Blogger francis said...

isso dá ar de ressaca.

5/21/2009  
Blogger nuvem said...

Walter, a tua escrita é perfeita, não precisas de tradutores... :) Obrigada pelo elogio. Beijos

pin gente, um beijo para ti.

francis, eu não gosto de dar ares, quando é, é mesmo, não deixa margem para dúvidas. Além disso, bebo pouco e raramente. O que foi pelos ares foi a tua teoria... :)

5/22/2009  
Blogger francis said...

ressaca amorosa pá.

5/22/2009  
Blogger nuvem said...

francis, eu percebi, pá... pece ele que não me conhece... :)

5/22/2009  

Enviar um comentário

<< Home