terça-feira, 9 de junho de 2009

O desafio

"Brain, um dia desafio-te a escrever uma "fronha de almofada" das minhas, e eu prometo tentar escrever um "lençol" dos teus :) Beijinhos!"

Este foi o mote. O Brain levou a sério as minhas palavras e lembrou-se de me mandar uma imagem que já tinha servido de ilustração a um dos seus poemas, para que, sem ir ver o original, eu me inspirasse na "confecção" do dito "lençol" (denominação aplicada pelo Brain aos seus extensos poemas). Eu fiz o mesmo, e enviei uma imagem de um poema meu já publicado para que lhe servisse de inspiração a ele, na "confecção" da "fronha de almofada" (denominação dada por mim, por comparação e dentro do mesmo contexto semântico, aos meus próprios poemas).

O resultado está à vista. No meu blog e no dele.

Aqui está o poema que o Brain tão bem escreveu, baseado na imagem que eu escolhi...





Despi-me por dentro e pintei-me de branco para te receber.
Não queria que nenhuma sombra ofuscasse a plenitude da tua luz.


Recolhi-te em mim e
com todo o cuidado coloquei-te a um (re)canto.
O meu melhor (re)canto. Com a minha me
lhor vista sobre mim.

No tempo, cresceste nas batidas até não mais ser possível comportar-te.

E foi quando me transbordaste dos poros em arrepios sucessivos de pele.


Hoje, mesmo quando não estás, as tuas batidas permanecem.

E tu já não és minha. És um (enorme) pedaço de mim!



O original, escrito por mim a 28 de Fevereiro de 2008...





Enquanto dormias

Ontem, enquanto dormias tranquilamente,

Entrei no teu peito e, com cuidado, roubei-te o coração...

Eu sei, deveria ter pedido para entrar.

Mas tive medo que recusasses...


E, afinal, tu também levaste o meu sem me avisar...


10 Comments:

Blogger Brain said...

Dear Cloud,

Deixa-me dizer-te que o desafio foi dos maiores que já tive, pois cada frase seria NO MÍMINO o início de um parágrafo e nunca "apenas" uma afirmação. :)

Gostei MUITO do resultado final do teu lençol!
Como vês, o difícil não é fazer lençóis! É o contrário! (nesse "pequeno espaço" onde se revelam os melhores artistas)

E... é sempre um prazer,
Ter palavras tuas,
No meu espaço.

Obrigado pelo carinho e
Um Beijo de Mim.

6/09/2009  
Blogger Pi said...

Adorei!
Este e o do Brain.
Excelentes momentos de leitura.
Vou ler, e reler, ....
Um bj,

6/09/2009  
Blogger eu, do alto do meu salto said...

Muito original o desafio :)
E gostei do resultado!

bjs

6/09/2009  
Blogger Nuno de Sousa said...

Mais um belo resultado a dois, tou a ver q este duo vai dar em sucesso :-)
Deixei comentário no blog do Brain... mas este post nada fica atrás, belo momento de poesia e escrita,

Bjs e abraços
NUno

6/09/2009  
Blogger susana said...

Eis uma relação com futuro! Vocês desafiem-se para aí, que quem sai a ganhar somos nós, os leitores deste blog! Cante-se um ao outro, pegue-se, declamem-se e estremeçam-se, desde que, depois, deixem o testemunho.
Gosto destes vossos desafios!

6/10/2009  
Blogger pedropina said...

ola! nao conhecia o teu blog mas venho dizer-te k é mxm muito especial! um beijinhu

6/10/2009  
Blogger pin gente said...

um interessante desafio.
o que seriam lencóis sem fronhas de almofada ou franhas de almofadas sem lençóis... ficou aqui o jogo completo.
abraços a ambos
luísa

6/12/2009  
Blogger Donagata said...

Que bem resultou o desafio. Se um é excelente, o outro é magnífico! Que rico par aqui se juntou. Parabéns a ambos.

6/12/2009  
Blogger soggyscheme said...

poesia encantadora para os olhos, tens uma força de palavras que gosto de ler e escutar nas imagens. mais uma vez superaste-me no sentido em que sempre fico surpreendido com cada novo post teu.

6/13/2009  
Blogger BorboletaDistraída said...

Fantástico mesmo! Assim vale a pena ver desafios.

Beijos

6/14/2009  

Enviar um comentário

<< Home