segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Fala-me de um dia distante


Fala-me de um dia distante,
tão distante como o céu,

que não posso tocar

mas que sei que existe.


Fala-me de um dia em que o silêncio

estará no fundo dos teus olhos,

nas pontas dos teus dedos,

no toque morno dos teus lábios
numa manhã fria de Inverno.

Fala-me desse dia distante,

tão distante como o teu amor,

que não posso tocar,

que nem sei se existe...

Hoje, só hoje,
porque hoje,
a noite está mais perto que nunca.


Imagem retirada de http://olhares.aeiou.pt

9 Comments:

Blogger Vinte e Quatro said...

BOM!

vinteEquatro

11/23/2009  
Blogger susana said...

Alô! Mais umas palavrinhas lindas!

11/25/2009  
Blogger Filipe said...

É durante a noite que tudo fica mais claro... (não ha ruido de fundo).

11/25/2009  
Blogger CLÁUDIA said...

As distâncias e as proximidades... sempre nesta relação directa com o Amor.

Mais um ( só mais um ) lindo poema teu Nuvem. :)

Beijinhos. ***

11/27/2009  
Blogger Pedro Branco said...

As minhas palavras partem-me
Arrancam-me de mim
Cruéis e sedentas
Rios e mantas
As minhas palavras são tantas!

As minhas palavras devoram-me
Suicídios permanentes
partos e trovas
Ondas que em mim plantas
As minhas palavras são tantas!

As minhas palavras abraçam-me
Fazem amor
Saudade e temporal
raízes fecundas
As minhas palavras são fundas!

As minhas palavras são a noite
Inquietações e silêncios
Gritos e lágrimas
Embriagadas, vagabundas
As minhas palavras são fundas!

As minhas palavras...
Canções, ventos, marés
Se trago palavras no peito
Se as pinto a meu jeito
Acorrentando-me desfeito
É por seres assim quem és
O meu sangue e o meu leito!

11/29/2009  
Blogger Melga do Porto said...

Um dia disseram-me:
– Estás muito calado!
Eu apenas respondi:
- Não estou calado, sim no silêncio!
Ripostaram:
- No silêncio?
Respondi:
- Sim! E sorri…
Hoje, não só hoje, mas hoje, as tuas palavras estiveram mais perto do que nunca.
:-)

11/29/2009  
Blogger Lara said...

Gostei! :)

11/30/2009  
Blogger Borealis_in_Aurora said...

Boa noite ,

Gostei de ler um pouco do muito que por certo tem para dizer.

Borealis

12/01/2009  
Blogger nuvem said...

Filipe, acho que o dia ilumina algumas coisas, a lua, outras. Beijos

Susana, obrigada :) Beijinhos

Melga do Porto, é bom saber que as minhas palavras aconchegam o peito de algumas pessoas... Muito bom mesmo. Obrigada. Beijos

Pedro Branco, obrigada pela, como sempre bela, partilha. Beijos

Lara, ainda bem :) Obrigada. Beijos

Borealis_in_Aurora, muito obrigada pela visita e pelas palavras deixadas. Espero que deixe muitas mais.

12/05/2009  

Enviar um comentário

<< Home