segunda-feira, 26 de julho de 2010

É tarde

Eu sei que é tarde.
É sempre tarde.
Sei que todos dormem e
que eu também devia dormir.
Sei que apenas o silêncio
está acordado.
O silêncio e a saudade.

E sei que, apesar de acordada
no silêncio dos meus olhos,
das minhas mãos,
a saudade que se deita
na minha almofada
há muito que já sonha.

E o sonho és sempre tu.
E é sempre tarde. Eu sei.

5 Comments:

Blogger Maria said...

Porque a saudade nunca dorme. Tu sabes. E às vezes também não nos eixa dormir... eu sei...

Beijo.

7/26/2010  
Blogger CLÁUDIA said...

Lindo. Tão lindo, Nuvem.

***

7/26/2010  
Blogger pin gente said...

então, sabemos!

um abraço

7/27/2010  
Blogger Melga do Porto said...

Por vezes dizemos:
- Tiraste-me as palavras da boca!
Hoje e aqui, lendo-te senti-o… sobre alguém!
As palavras são isto mesmo!
Um mar de surpresas :-)
Amém para elas!

7/28/2010  
Blogger tonsdeazul said...

Não, não é tarde
Ainda há tempo
Para continuar a sonhar
Para sentir saudade
Para sentir o silêncio
Para viver!

Beijinho

8/01/2010  

Enviar um comentário

<< Home