quinta-feira, 15 de julho de 2010

O ar que respiro hoje

Há qualquer coisa de inexplicável
no ar que respiro hoje,
qualquer coisa que fere por dentro,
qualquer coisa de angustiante.

Ainda há andorinhas no céu,
e no entanto, o ar que respiro hoje
dói-me tanto no corpo, na alma,
que me pergunto para que servem as asas.

O mundo é demasiado pesado
para os que podem voar.

4 Comments:

Blogger Melga do Porto said...

Eu diria:
- O mundo é pesado para os que desejam voar!
e reafirmaria:
- assim, nem tanto o corpo, mas a alma doi sem medida!
Por isto o ar, a mais das vezes, é irrespirável...
:-)

7/16/2010  
Blogger just me, an ordinary girl said...

lindo... nem sei que dizer mais.

parabens!!

7/20/2010  
Blogger Petra said...

Por isso é que temos que ter força para enfrentar esse peso e soltar as nossas asas para livremente voar! :)
Gostei do espacinho, beijinho.

7/21/2010  
Blogger deep said...

faz um ano que não percorro este caminho e ao passar descubro asas...asas sobre os dias escrevendo sorrisos


um abraço e parabéns

7/22/2010  

Enviar um comentário

<< Home