segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Abraça-me até




















Abraça-me até que o mundo adormeça,

até que todas as flores se silenciem,

até que oiçamos nascer, ao raiar das horas,
o bater de asas de andorinhas,
voando entre os nossos braços.

3 Comments:

Blogger Pedro D. H. said...

"abraça e me beija, vem chamar de meu amor!"

9/27/2010  
Blogger José Rui Fernandes said...

Deixo uma sugestão musical para esse abraço: Rednex: "Hold Me For A While"

9/30/2010  
Blogger nuvem said...

Estou a ver que este poema incitou às notas musicais... :)

Obrigada Pedro e José Rui, pelas palavras deixadas.

10/22/2010  

Enviar um comentário

<< Home