quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Das janelas do meu coração

Limpei as marcas dos teus dedos
das janelas do meu coração.

Agora, de dentro de mim, só vejo céu.

E toco a paz das nuvens
com a palma da minha mão.

3 Comments:

Blogger Pedro D. H. said...

um amor nao deixa marca, deixa uma cicatriz.

mas se a paz encontra, volta a ser feliz.

Quando as nuvens olhar, não estará mais por um triz.

9/16/2010  
Blogger Putty Cat said...

Like.

9/17/2010  
Blogger G... said...

E do lado de cá das janelas?
Apaga-se também a marca do amor?
Lindo poema
Parabéns

Beijinho

9/18/2010  

Enviar um comentário

<< Home