quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Um minuto

Estamos suspensos num minuto.
Um minuto frágil como um sonho
no precipício do acordar.
O amor é apenas a ilusão que
nos faz esquecer o tempo,
que nos fecha as pálpebras
e nos embala o sono,
como se pudéssemos acreditar...
Para sempre dura um minuto.
Este minuto que passou
enquanto sonhávamos sonhar.

1 Comments:

Blogger Maria said...

Um minuto que é uma eternidade...

Beijo.

2/09/2012  

Publicar um comentário

<< Home