quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Os teus olhos

Os teus olhos são jardins cheios de sol
onde brincam e riem as crianças,
onde a Primavera nunca parte,
onde o poema é pássaro livre
e as horas se desfazem nuvens,
felicidade em rasgos de céu.
Os teus olhos abrem caminhos
onde o mar se perde da terra,
onde me perco de mim,
onde regresso e me encontro.
Nunca saberei dizer os teus olhos
sem dizer, pulsar, amor.

3 Comments:

Anonymous Believe said...

Olá,


Peço desculpa usar este espaço mas estou a dar a conhecer o meu novo projeto pessoal e gostaria que visitasses!


https://www.facebook.com/believe.art


Espero que goste :)
Believe*

9/20/2012  
Blogger cores e outros amores said...

apaixonado, lindo!
(já tinha sentido a falta das tuas palavras...)

9/21/2012  
Blogger Melga do Porto said...

Sem dúvida este um lugar onde me encontro em mim, depois de me perder do eu, que nem sempre sou.
Beijo

9/26/2012  

Enviar um comentário

<< Home