quinta-feira, 4 de outubro de 2012

É inútil dizer amor

É inútil dizer amor.
É inútil dizer amor como é inútil dizer o céu
ou o mar. Ou uma flor. É inútil dizer aquilo
que é óbvio de tão belo e grandioso,
aquilo que invade cada poro do nosso ser,
que transborda pelos olhos e pela boca
e pelo peito e pelas mãos que nunca estão
vazias, que nunca estão sós.
É inútil dizer amor,
mas eu sempre gostei de coisas inúteis.
Como escrever este poema.

1 Comments:

Blogger cores e outros amores said...

Lindo! As coisas "inúteis" de que falas, são as mais belas e valiosas da vida. Um beijo

10/04/2012  

Enviar um comentário

<< Home