quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Ser ou não ser: não faço questão

Se for, é porque sou,
se não for, é porque não sou.
Talvez eu simplesmente não possa ser
aquilo que na verdade nunca fui.
Sou sem saber bem o que sou,
embora sabendo que não sou nada.
Não faço questão de ser coisa alguma,
não ser já dói tanto, ser só, mais ainda.

1 Comments:

Blogger Melga do Porto said...

demoramos a ser...por isso e tanto nos ausentamos...procurando o ser...nem que alguma coisa, seja...confesso a ausênsia de dor...que não a de me deixar ausentar...do que me faz bem!
Olá Nuvem...beijo terno

2/22/2013  

Publicar um comentário

<< Home