domingo, 9 de junho de 2013

Dias de Domingo

Há qualquer coisa de doce
nos dias de Domingo,
qualquer coisa que sabe a
compota de morango,
a chocolate, a biscoitos
de canela e limão.

Há qualquer coisa de mágico
nos dias de Domingo,
qualquer coisa que entristece
como uma manhã de Inverno,
e ao mesmo tempo enternece
como uma tarde de Verão. 

Não sei explicar os dias de
Domingo, há qualquer coisa
de sonho que se dissipa
ao acordar, mas me
acalenta a alma e me
renova esperanças.

Domingo soa-me sempre
a música de um carrossel
e a risos de crianças.

2 Comments:

Blogger Maria said...

Os domingos da nossa meninice... digo eu...
Domingos de doces, de avós, de estórias, de beijos e abraços, domingos que não voltam mais. Porque já não somos crianças...

Um beijo, grata por te ler.

6/09/2013  
Blogger ruth ministro said...

Esses mesmo, querida Maria. :)

Um beijinho e obrigada por me ofereceres as tuas palavras.

6/12/2013  

Publicar um comentário

<< Home